15/04/2018 às 12:26h
Presentão! No dia do aniversário, Santos vence e finda tabu de 12 anos

No dia em que completou 106 anos de existência, o Santos venceu o Ceará, por 2 a 0, no Pacaembu, findando um tabu de 12 anos: a última vitória na estreia do Campeonato Brasileiro havia sido em 2005, contra o Paysandu. Rodrygo e Pio (contra) marcaram, sacramentando a segunda vitória do dia no estádio - mais cedo, as Sereias da Vila já haviam vencido a Portuguesa, por 5 a 0, pelo Paulistão. Festa completa! 

Menino da Vila, o 'Rayo' Rodrygo marcou seu primeiro gol em Brasileirão e saiu de campo ovacionado de pé pela torcida santista. Na próxima rodada, o Peixe enfrenta o Bahia, no sábado, às 16h, na Arena Fonte Nova em Salvador. 

Ataque letal e gol do 'Rayo'

O Santos entrou elétrico na etapa final e logo ampliou sua vantagem em casa. Gabigol roubou a bola e tocou para Sasha que, de maneira inteligência, cruzou pelo alto para Rodrygo completar de cabeça em ótima movimentação do ataque santista. Era o segundo gol. 

Presente do rival

A formação inicial do Peixe foi diferente da do último jogo. Arthur Gomes e Renato perderam suas posições para Jean Mota e Léo Cittadini. De volta após lesão na coxa, foi Cittadini quem conduziu a boa troca de passes do Peixe no ataque - 56% de posse de bola alvinegra na etapa inicial. Mesmo assim, foi o lateral Pio a dar o presente de aniversário para o Alvinegro: Gabigol cruzou, Rodrygo tentou desviar de letra, bola bateu em Dodô e foi defendida pelo goleiro Éverson, que jogou em cima de Pio... 1 a 0 para o Peixe. 

Três chances para o Peixe, camisa 11 para o Ceará

A etapa inicial, embora recheada de erros para os dois lados, foi bastante movimentada. Gabigol, Cittadini e Lucas Veríssimo tiveram chances de abrir o placar antes de Dodô marcar. Nenhum obteve sucesso. Pelo rival, o atacante Felipe Azevedo infernizou a defesa com velocidade e bons dribles. Foram dez chutes do Santos e três do Ceará. 

Martelou, martelou...

O Santos poderia ter aumentado sua vantagem na etapa final. Gabigol teve boas chances, uma das principais após bom passe de Jean Mota, em contra-ataque veloz. O Ceará, que se segurou como pôde, pouco fez no fim. A partida ainda marcou a estreia do meia Diego Pituca pelo Peixe.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 X 0 CEARÁ

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)

Data-Hora: 14/4/2018 - 21h

Árbitro: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)

Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Público/renda: 12.268 pagantes/R$ 526.550,00

Cartões amarelos: Rafael Carioca (CEA)

Cartões vermelhos: -

Gols: Pio (contra) (41'/1ºT) (1-0) e Rodrygo (4'/2ºT) (2-0)

SANTOS: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison, Léo Cittadini (Vitor Bueno, aos 34'/2ºT) e Jean Mota (Diego Pituca, aos 40'/2ºT; Eduardo Sasha, Rodrygo (Arthur Gomes, 30'/2ºT) e Gabriel. Técnico: Jair Ventura.

CEARÁ: Éverson; Pio, Valdo, Luiz Otávio e Rafael Carioca; Juninho, Ernandes e Ricardinho (Reina, aos 13'/1ºT); Wescley (Roberto, aos 23'/2ºT), Felipe Azevedo (Arnaldo, aos 40'/2ºT) e Arthur. Técnico: Marcelo Chamusca

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121