11/04/2018 às 05:56h
Federação responde Palmeiras, nega interferência externa e lamenta busca por 'tapetão'
ESPN

Marcelo Aparecido conversa com jogadores de Palmeiras e Corinthians© Gazeta Press Marcelo Aparecido conversa com jogadores de Palmeiras e Corinthians

Um dia depois do Palmeiras liberar vídeo explicando a suposta interferência externa à arbitragem na final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, a Federação Paulista de Futebol divulgou nota oficial com a resposta às alegações do clube.

No texto, a FPF explica o procedimento que envolveu os árbitros - inclusive a presença de Dionísio Roberto Domingos ao redor do gramado e da suposta mensagem que chegou ao árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza - e lamenta a decisão do Palmeiras de tentar reverter a situação nos tribunais.

Veja, abaixo, a nota completa da Federação Paulista de Futebol:

São Paulo, 10 de abril de 2018

Em respeito em torcedor, a Federação Paulista de Futebol vem novamente a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1-) Como responsável pela avaliação da equipe de arbitragem, Dionísio Roberto Domingos estava legitimado a permanecer no entorno do gramado, onde ficou durante a partida inteira. Nem ele nem nenhum diretor da entidade teve qualquer influência na decisão da equipe de arbitragem na final do Campeonato Paulista de 2018;

2-) As imagens veiculadas pelo site da Sociedade Esportiva Palmeiras não provam nenhuma interferência externa na decisão dos árbitros, de voltar atrás na marcação de um pênalti inexistente;

3-) A FPF lamenta qualquer ação que vislumbre modificar o resultado de campo nos tribunais;

4-) Por fim, a FPF informa que está atenta às reivindicações feitas pelo Palmeiras por meio da imprensa e afirma que, em coerência com todas a atitudes desta gestão, colocará as propostas em pauta para que os clubes, soberanamente e em colegiado, decidam a respeito da gravação das conversas entre os árbitros e da adoção do VAR para o Paulistão-2019.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121