10/04/2018 às 06:41h
Mulher achava que problema digestivo era estresse, mas era câncer no estágio 4

gases dor abdominal 0817 400x800© nhungboon/Shutterstock gases dor abdominal 0817 400x800

Uma norte-americana descobriu que estava com câncer colorretal após passar meses acreditando que seus problemas digestivos eram fruto de intoxicação alimentar e estresse.

Agora, ela compartilha sua história com o objetivo de conscientizar pessoas quanto à necessidade de buscar ajuda médica e não se autodiagnosticar.

Mulher descobre câncer após ignorar sintomas

Em entrevista do site Today, a mulher de 34 anos contou que tinha crises de diarreia há dois anos, mas acreditava que eram causadas por dieta ou estresse, já que sua carga de trabalho muitas vezes era intensa e a levava a comer em food trucks e restaurantes delivery.

O caso começou a ficar preocupante com a permanência dos sintomas. Em janeiro de 2017, ela percebeu sangue nas fezes e a diarreia começou a acontecer dia sim, dia não, mas ainda assim pensou que a culpa era de seu estilo de vida.

Pouco tempo depois, a mulher resolveu ir a um gastroenterologista, que receitou exames e descobriu a presença de uma bactéria maléfica no intestino, a Escherichia coli. A paciente tomou antibióticos a fim de eliminá-la, mas os sintomas não passaram, pelo contrário, ficaram piores.

cancer no intestino 0417 400x800© Juan Gaertner/Shutterstock cancer no intestino 0417 400x800

Durante a preparação para colonoscopia, a mulher teve uma crise intensa de vômito, o que levou médicos a optarem por um procedimento menos invasivo, a sigmoidoscopia, que revelou um tumor no cólon.

Após uma biópsia, veio o diagnóstico inesperado: câncer de cólon em estágio 4.

A paciente ficou chocada pois não tinha histórico familiar que justificasse o aparecimento desse tipo de câncer.

Caso traz mensagem importante

homem em coma 0917 400x800© sfam_photo/Shutterstock homem em coma 0917 400x800

O câncer havia se espalhado e o tratamento indicado foi a remoção cirúrgica de parte do cólon e 75% do fígado, além de seu apêndice, vesícula biliar e cerca de 20 gânglios linfáticos.

Antes do procedimento, a paciente teve de se expor à radiação para tentar reduzir o tamanho do tumor. Depois, teve de realizar seis meses de quimioterapia que fizeram seu câncer regredir.

"Foi como a pior ressaca da vida, mas por seis meses. Estou tolerando relativamente bem porque sou mais jovem e estava bem saudável antes", afirmou a mulher.

Como há 50% de chance de o tumor voltar, ela terá de passar por acompanhamentos constantes. Ainda assim, se sente mal pelo excessivo tempo que levou para procurar ajuda. "Não há sorte em contrair câncer, mas ainda sinto que tenho muita sorte. Minha mensagem é: 'Pare de se autodiagnosticar e, por favor, vá ao médico'", insistiu.

Sintomas de câncer de cólon

intestino ilustracao cancer 116 400x800© S K Chavan/Shutterstock intestino ilustracao cancer 116 400x800

Câncer de cólon é um tumor que afeta especificamente o intestino grosso e o reto e que geralmente é fruto de fatores genéticos, externos e maus hábitos alimentares, como dieta gordurosa e com poucas fibras.

A doença é mais comum em pessoas mais velhas, mas pode ocorrer em jovens também.

Esse tipo de câncer no intestino gera sintomas inespecíficos, mas alarmantes, como:

Mudança no hábito intestinal, como diarreia ou constipação

Sangramento nas fezes e anal

Perda de peso inexplicada

Dor abdominal persistente

Suor noturno

Anemia

Recomenda-se buscar ajuda médica assim que forem notados esses sintomas, já que o diagnóstico nas fases iniciais aumenta a probabilidade de o prognóstico ser bom

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121