02/04/2018 às 11:27h
Novo frigorífico vai gerar mais de 500 empregos em Colíder

Autor: Sérgio Ober - Assessor de Imprensa

A audiência pública realizada no auditório da Câmara de Colíder nesta quarta-feira (28.03) confirmou a criação do distrito industrial que viabilizará a implantação de mais uma indústria frigorífica no município. O complexo do Grupo Guaporé será construído às margens da rodovia MT-320, no sentido para a BR-163, ao lado de uma indústria de beneficiamento de couro. O investimento previsto é de mais de R$ 30 milhões, podendo chegar a R$ 50 milhões. Como contrapartida, o governo municipal está concedendo 5 anos de incentivos fiscais.

O evento – que contou com a participação dos vereadores Marcos Aragão (Marquinhos – PSD), Dóris Sguizardi (DEM), Alencar Pereira (DEM), Pernambuco Filho (MDB) e Zé Moreira (PSD) – foi conduzido pelos secretários Hiran Sales, de Infraestrutura, e Ronaldo Vinha, de Desenvolvimento Econômico, com o apoio da equipe da Secretaria Municipal de Planejamento, Fazenda e Administração. Os gestores explanaram para a população presente a proposta de alteração no plano diretor de Colíder para transformar a área rural onde o frigorífico será instalado em área industrial.

“Essa alteração é necessária para criar o novo distrito industrial onde essa unidade frigorífica poderá ser instalada e que vai promover a geração de emprego e renda em Colíder”, pontua Hiran Sales. “Os municípios de Mato Grosso necessitam desse tipo de investimento, principalmente no setor frigorífico, onde Colíder e região são grandes criadores de bovinos”, acrescenta o secretário.

EMPREGO E RENDA

Ronaldo Vinha diz que o empreendimento deverá gerar cerca de 500 empregos diretos e em torno de 1,5 mil indiretos. “Vai movimentar toda a economia local e aumentar a arrecadação de impostos. E tudo o que a prefeitura puder para ajudar para que esse empreendimento se concretize será feito. Muitas famílias serão beneficiadas com empregos. Então, isso realmente nos deixa felizes. E nós estamos trabalhando bastante para que mais empresas se instalem em Colíder”.

O vice-presidente da Câmara de Colíder, Marcos Aragão (Marquinhos – PSD), ressalta a importância da geração de emprego ainda na etapa de construção do frigorífico. “E o Legislativo e os vereadores estão empenhados para que sejam criadas as condições necessárias para que essa indústria se viabilize e que as obras sejam iniciadas o mais rápido possível, potencializando a economia da nossa cidade”, comenta o vereador.

Para a vereadora Dóris Sguizardi (DEM) a retomada do desenvolvimento de Colíder, com a vinda de novas empresas, é um sonho das pessoas da cidade. “Nós estamos realmente precisando de mais empregos. Há um grande número de moradores desempregados e esse frigorífico vai dar um suporte muito grande para a economia do nosso município. E a Câmara e a prefeitura estão somando esforços para que essa obra realmente aconteça”, enfatiza.

IMPACTO ECONÔMICO

O vereador Zé Moreira (PSD) afirma que o frigorífico irá fomentar a economia do município. “Então, essa audiência pública foi importante para deliberar esse novo parque industrial e confirmar a vinda desse empreendimento. Para Colíder é de grande importância porque vai, com certeza, gerar mais emprego, mais renda. E a prefeitura e a Câmara estão à disposição para garantir essas condições, agilizar a liberação da documentação e permitir que os empresários venham investir em nossa cidade”.

Alencar Pereira (DEM), por sua vez, aponta o potencial de Colíder no setor pecuário com o diferencial para a implantação de empresas frigoríficas no município. “Acredito que esse investimento dessa família aqui de Colíder será de grande sucesso econômico. Então, que haja mais empresários dispostos a fazer investimentos e trazer emprego e renda para a nossa gente”.

O vereador Pernambuco Filho (MDB) também considera a geração de emprego com ponto preponderante. “Aqui [em Colíder], nós somos carentes de emprego. Vamos torcer para que esse frigorífico incentive a vinda de várias outras empresas ao nosso município. Precisamos criar novas vagas de trabalho. Isso é bom para a economia de Colíder. Então, que essa indústria se instale rápido, porque mão de obra e matéria-prima para atender a demanda nós temos”.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121