02/04/2018 às 11:00h
Presidente da Ager é o primeiro do PSD a entregar cargo ao governador

Pablo Rodrigo/ GD


Chico Ferreira

Eduardo Moura é o primerio filiado ao PSD a entregar o cargo ao governador Pedro Taques

O presidente da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager-MT), Eduardo Moura, é o primeiro filiado do PSD a entregar o cargo ao governador Pedro Taques (PSDB). A medida é consequência da decisão política do partido que decidiu declarar "independência" ao governo tucano.

Em tom de despedida e de sinalização que estarão em lados opostos nas eleições de outubro, Moura chama Taques de amigo e o agradece pela indicação.

"Assim o faço por lealdade a você e por determinação do PSD, partido ao qual estou filiado. Neste momento, após "comer a canjica", devem permanecer a seu lado aqueles que, independentes de posições partidárias, estarão com você na campanha", diz trecho do ofício. Confira o documento no final da matéria.

Eduardo Moura ainda diz que deu "seu melhor" na função e deseja sorte a todos que ficam no governo. Ele também deseja sorte ao governador, chamando-o de "pré-candidato".

Além de Moura, o PSD ocupa a Secretaria de Ciência e tecnologia (Secitec, com Domingos Sávio no comando. Na manhã desta segunda-feira (2) o vice-governador Carlos Fávario comunicou oficialmente o governador Pedro Taques a respeito da decisão do PSD em anunciar "independência" ao governo tucano.

No documento encaminhado a Taques, Fávaro, que assina como presidente estadual da legenda, anuncia que o partido o escolheu para disputar uma das duas vagas ao Senado, em outubro deste ano.

"Aprovou também que, para melhor viabilizar a candidatura ao Senado, como das candidaturas proporcionais - estadual e federal - o PSD adotará, a partir de agora, uma postura de independência ao governo estadual, para que possa conversar com todos os partidos e definir o melhor para Mato Grosso", diz trecho do ofício.

Ainda no documento, Fávaro comunica a entrega de todos os cargos da sigla ao governador. Já em relação aos cargos indicados pelos deputados estaduais do PSD, Fávaro diz que são de responsabilidade dos parlamentares.

Reprodução/GazetaDigital
Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121