28/03/2018 às 02:31h
Taques manda recado a Jayme e cobra lealdade do DEM

Karine Miranda/GD


O governador Pedro Taques (PSDB) cobrou lealdade do DEM no caso de uma eventual candidatura sua à reeleição. Isto porque o partido já estuda a possibilidade do rompimento e projeta nomes para uma disputa contra Taques.

Marcus Vaillant

Pedro Taques cobra "lealdade" do DEM

Ele, inclusive, aproveitou para mandar um recado “enigmático” para o ex-senador Jayme Campos, principal liderança do DEM em Mato Grosso, durante conversa com a imprensa na tarde desta terça-feira (27).

Questionado sobre acreditar no rompimento com o DEM, Taques relembrou uma frase dita por Jayme no ano passado, de que não seria candidato contra o governador e que “por essa cobra o governador não vai ser mordido”.

“Eu só falo de eleição depois da canjica. Mas o senador Jayme Campos pode ter certeza. Como ele disse, tenho amizade pelo Jayme, pelo Dilmar, pelo DEM há bastante tempo. Desta cobra ele também não será mordido”, afirmou o governador.

O rompimento com o DEM ficou cada vez mais próximo após o “grande ato de filiação do DEM”, realizado na última semana. Na ocasião, vieram a Cuiabá o presidente da executiva nacional, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o vice-presidente do partido e prefeito de Salvador Antônio Carlos Magalhães Neto, o ACM Neto.

Ambos defenderam abertamente que o DEM lance candidatura própria ao Governo. O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes,  também participou do evento e defendeu mudanças no cenário político. Mendes é considerado um dos principais nomes para a disputa contra Taques.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121