28/03/2018 às 12:56h
Tite vibra com vitória sobre Alemanha, e fala em "resgate de autoestima"


Tite foi cauteloso, mas não deixou a cautela de lado após a vitória por 1 a 0 do Brasil sobre a Alemanha, nesta terça-feira (27), em amistoso realizado em Berlim.

Abaixo, confira os principais momentos da entrevista pós-jogo do treinador da Seleção.

"O primeiro tempo foi equilibrado, no segundo nós estivemos muito próximo de fazer o segundo gol e teríamos uma vantagem larga para definir o jogo. Depois, naturalmente, a equipe que está atrás do placar arrisca mais. Tiveram muitas bolas paradas onde tivemos consistência defensiva. As chances mais claras para ampliar foram nossas".

ELOGIOS À PRESSÃO AO ADVERSÁRIO

"A saída de bola, agressividade, no adversário, foi impressionante. Os jogadores que impressionaram ao pressionar a saída de bola. A pressão alta na saída de bola da equipe adversária foi impressionante. Assim como a tirada do Kroos, que é o articulador da equipe deles. Esse estágio de pressão alta foi impressionante".

RESGATE DA AUTOESTIMA APÓS O 7 A 1?

"É da vida, passou, rivalidade vai ficar marcada, mas não é porquê nós vencemos que vai sumir. Eles tiveram méritos, assim como nós tivemos méritos (...) Eu me sinto desconfortável quando falam o time do Tite'. Estou em um posto que daqui a pouco vai estar outro aqui. Mesmo sendo uma metáfora, não é legal. O desempenho vai ser pelo conjunto. O tamanho da vitória é o mais importante, o sentimento de resgate de auto estima".

"Teve respeito dentro de campo, futebol de alto nível. Toda vez que você tiver ódio de alguma coisa, não valoriza o outro lado que pode ter sido melhor. Resgatar o orgulho, tem o resgate, tem equilíbrio emocional. É procurar ser melhor no aspecto físico, técnico e tático. Todas as outras situações foram fora disso".

AJUSTES A SEREM FEITOS

"Tiveram coisas positivas, mas também defeitos. Erramos passes, alguns ajustes de passes centrais para poder triangular mais. No segundo tempo abriu-se os espaços. Temos jogadores importantes para entrar. hoje entrou Fernandinho, depois entra o Renato. Sentimos a falta do Neymar que é um jogador Top-3 mundial, mas estamos aprendendo a jogar sem ele".

COUTINHO MELHOR SEM NEYMAR?

"Não. Porque o Neymar faz a função de atacante, é vertical é gol. Coutinho é articulador. São funções diferente onde um ajuda o outro, um complementa o outro".

DISPUTA ABERTA NO TIME TITULAR... E NA LISTA FINAL

"Vários jogadores estão brigando pela titularidade. Não adianta ficar com meias palavras. Fernando, Willian, Thiago, Marquinhos, Miranda... não adianta querer responder. Eles jogam muito nos seus clubes, jogam muito na seleção, tem uma minutagem parecida. É difícil, é um complicado bom. O técnico vai querer desempenhos maiores (...) Vou ficar mais de cabelo branco ainda [para definir a lista final de convocados]".

"Eu estou tão pilhado, estou com tanta adrenalina. Parece que estou tranquilo pelo tempo de trilhagem. Quando o árbitro apitou o fim da partida eu perguntei o que ele marcou".

Mais: Roberto Carlos acredita em evolução positiva de Neymar após lesão | Exclusivo: "Real Madrid ou um cheque em branco em qualquer clube? Real Madrid", afirma Nacho |Mbappé bate recorde em vitória da França sobre a Rússia

Soccer Football - International Friendly - Germany vs Brazil - Olympiastadion, Berlin, Germany - March 27, 2018   Germany's Sandro Wagner reacts after a missed chance   REUTERS/Wolfgang RattayOs melhores momentos do jogo Brasil X Alemanha

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121