25/03/2018 às 10:39h
Juiz cobra ida de João Arcanjo a centro de acompanhamento psicossocial
JUDICIARIO

Arthur Santos da Silva/GD


O juiz Jorge Tadeu, da Vara de Execução Penal de Cuiabá, expediu ofício notificando o ex-bicheiro João Arcanjo para que compareça ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS),visando submissão a tratamento psicossocial.

Chico Ferreira

“Em sintonia com o parecer ministerial e ante a comprovação de exercício de atividade lícita, notifique-se o penitente para dar cumprimento ao item 11, do termo de audiência admonitória (comparecimento ao CAPS)”.

O ex-comendador é dono de fazendas, imóveis e empresas do ramo financeiro.

A progressão de regime de Arcanjo, do fechado para o semiaberto, foi deferida em fevereiro, considerando o bom comportamento carcerário durante os 14 anos e 9 meses de prisão.

Laudo psicológico atestando que Arcanjo pode conviver em sociedade também embasou a decisão. Uma tornozeleira eletrônica foi instalada para monitoramento do criminoso em recuperação.

Jorge Tadeu também comunicou o juízo da 7ª Vara Criminal Federal da Subseção de Cuiabá sobre a progressão de regime.

Foi esclarecido ainda que Arcanjo comunicou números de telefones celulares para contato com a central de monitoramento.
 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121