25/03/2018 às 10:04h
Primeiro voo sem escalas ligando a Austrália ao Reino Unido pousa em Londres
BANG Showbiz

O primeiro voo histórico sem escalas conectando a Austrália ao Reino Unido pousou em Londres na manhã desse domingo, 25.

O voo Qantas QF9 completou os 14,498km que separam Perth, na Austrália Ocidental, até capital da Inglaterra em pouco mais de 17 horas e trouxe a bordo cerca de 200 passageiros e 16 tripulantes.

Segundo o CEO da empresa, Alan Joyce, esse voo inaugural é um marco na história da aviação.

"Este é um voo verdadeiramente histórico que abre uma nova era de viagens. Pela primeira vez, a Austrália e a Europa têm uma ligação aérea direta. Agora, com o serviço sem escalas, vamos estimular os negócios e o turismo", disse Joyce.

Ainda de acordo com o executivo - que esteve presente no voo e conversou com a imprensa no desembarque do Terminal 3 no aeroporto Heathrow, em Londres - foram dois anos de planejamento e muito trabalho para implementar essa nova rota.

"No ano passado nós anunciamos que íamos fazer isso e esse ano nós trabalhamos com a infraestrutura na Austrália. Tivemos que construir um novo terminal para partidas internacionais. Foram investidos US$ 25 milhões nessa rota e também nas operações domésticas para proporcionar conexões, ou seja, foi um projeto muito longo com centenas de pessoas da Qantas envolvidas", acrescentou.

Para receber os passageiros, a companhia área montou uma recepção típica australiana, com direito até a um representante dos povos aborígenes no desembarque do aeroporto.

"Eu não esperava uma recepção tão grande em Londres, talvez algumas pessoas, mas não tudo isso, pessoas usando roupas características, foi uma surpresa agradável", disse o empresário Wayne Kwong, que vai passar alguns dias na capital ingleda e depois segue viagem para Hong Kong.

Já a aposentada Felicity Andrew viu nessa nova ponte aérea uma forma de ficar mais próxima da família em menos tempo.

"Foi um vôo fabuluso. Eu fiquei muito empolgada. Tenho um filho em Perth e uma filha em Londres e agora a gente voa diretamente sem precisar fazer conexão... Isso é muito mais fácil", comemorou.

Os passageiros contaram ainda com um serviço de bordo especial formulado pela Universidade de Sydney em parceria com o consultor de cozinha Neil Perry. Juntos, eles criaram um cardápio que ajuda o corpo a lidar melhor com o jetlag e ajusta o momento em que as refeições são servidas para incentivar o sono.

"A Universidade de Sidney mandou uma pesquisadora para ficar medindo a pressão arterial, fazer perguntas, etc, tudo para saber como nós estávamos nos sentindo. Eles vão voltar daqui a alguns dias para ver como os passageiros estão para tentar melhorar o conforto nas viagens", disse o passageiro Richard Wing.

A aeronave utilizada nessa rota, o Boeing 787-9 Dreamliner, é considerada uma das mais econômicas e leves do mundo. Ao todo, o avião pode carregar 92 toneladas e 110,000 litros de combustível, o que faz ele ficar aproximadamente 20% mais leve que outras aeronaves do mesmo tamanho.

A partir de hoje, os clientes da Qantas podem escolher entre três rotas entre a Austrália e Londres - o serviço direto Perth-Londres, no Boeing 787-9 Dreamliner; a rota Londres-Cingapura-Sydney no A380; ou com escala em Dubai partindo de Brisbane Sydney, Melbourne, Adelaide e Perth num misto de aviões A380 e B777.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121