24/03/2018 às 09:53h
PTB reúne até aliados de Taques, apoia Fagundes e quer ocupar todos os cargos

Welington Sabino/GD


Chico Ferreira

Evento de filiação do PTB conseguiu reunir políticos da oposição e aliados do governador Pedro Taques

Sob a presidência estadual do ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, o PTB conseguiu reunir em ato de filiação, realizado neste sábado (24), lideranças de 4 grandes partidos (PR, DEM, PSD e PSDB) considerados fortes quando a questão é a disputa eleitoral deste ano. Sem conseguir viabilizar a candidatura do conselheiro afastado do TCE-MT, Antônio Joaquim, ao governo do Estado, a legenda declarou apoio total ao senador republicano Wellington Fagundes, que no atual cenário, se coloca como pré-candidato ao Palácio Paiaguás pelo grupo de aposição ao tucano Pedro Taques que caminha para concluir seu primeiro mandato com um considerável índice de rejeição e críticas da oposição e de aliados, mas pretende buscar a  reeleição.

De todo modo, o PTB que trabalha para eleger pelo menos 3 deputados estaduais, 1 federal e 1 senador, ainda está otimista com a possibilidade de caminhar juntamente com o Democratas. Nesta semana, o DEM mostrou força ao receber 5 dissidentes do PSB, incluindo o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, apontado como o nome mais forte para disputar o governo de Mato Grosso como oposição ao atual governo. O DEM ainda faz parte do grupo que apoia Pedro Taques, mas nas últimas semanas vem sinalizando que não pretende compor qualquer arco de aliança para a reeleição do tucano.

Chico Ferreira

Chico Galindo e Niuan Ribeiro, que é vice-prefeito de Cuiabá e presidente do Diretório Municipal do PTB, enfatizaram que neste pleito o partido quer marcar território e planeja ter representantes em todos cargos em disputa nas eleições de 7 de outubro (primeiro turno). “Quero dizer que o PTB está firme e vamos ter chapa para deputado estadual, deputado federal, temos nome pra senador, pra vice-governador. Então, vamos trabalhar e estamos trabalhando. Peço a todos vocês que queiram ser candidatos, que a partir de segunda-feira vamos montar uma equipe e até dia 7 tem que estar apto para ser candidato”, enfatizou Chico Galindo.

Quando questionado sobre os nomes para os principais cargos, ele desconversa, mas confirma que já propôs a Osvaldo Sobrinho, ex-deputado estadual, ex-deputado constituinte e ex-vice-governador, com 36 anos de militância política, que seja o candidato ao Senado pelo PTB. Ao Gazeta Digital, Sobrinho disse que está a disposição do partido, mas que qualquer candidatura só será decidida após amplos debates, por meio de uma decisão coletiva e que seja de interesse do presidente do partido e dos demais filiados.

Welington Sabino

Chico Galindo está otimista e afirma que o PTB tem nomes par disputar os principais cargos

Sobre o nome do partido para ser indicado como vice-governador, Chico Galindo se esquiva e volta a frisar que ainda tem tempo para reuniões e acordos, inclusive, com partidos que sinalizam integrar a chapa na qual o PTB estará. “O PTB tem um quadro muito grande e até 7 de abril pode receber novos nomes, tenho convicção que o PTB vai estar muito bem representado nas eleições deste ano”, comenta Galindo.

Sobre Osvaldo Sobrinho, que é pai de Niuan Ribeiro, o ex-prefeito de Cuiabá tece elogios e confirma o convite para disputar o Senado. "Ele é um grande homem, sem dúvida alguma, precisa de convencimento. Ele pôs o nome à disposição, estamos trabalhando essa construção e seria um orgulho para o PTB ter o Osvaldo Sobrinho como senador, mas neste momento não posso afirmar porque não recebi a resposta afirmativa. Acredito que até o dia 8 de abril já vou estar com o grupo fechado para deputado estadual, federal e quem sabe para senador”, destaca.

Para disputar uma vaga na Câmara dos deputados, o vice-prefeito Niuan Ribeiro aponta Emanuel Pinheiro Filho que hoje está filiado ao MDB, partido do pai dele, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro. As conversas para que Emanuel Filho, que nunca ocupou qualquer cargo eletivo, se filie ao PTB, estão em andamento.

Welington Sabino

“O PTB busca hoje se reoxigenar, se reinventar e principalmente se reaproximar da base, esse é o nosso intuito hoje. A gente pretende receber mais de 400 filiações nesse ato e estamos trabalhando lideranças, trabalhando a chapa proporcional para deputado estadual e federal. Estamos trabalhando fortemente no segmento da juventude, no PTB Mulher porque a gente entende que a política é a única forma de fazer a transformação da sociedade”, destaca Niuan Ribeiro que colocou seu nome à disposição para disputar uma vaga de deputado estadual e avalia o filho do prefeito de Cuiabá como um forte nome para a Câmara, em Brasília.

Sobre as conjecturas com outros partidos, como o DEM e o PSD, Niuan ressalta que agora é o momento de diálogo. “O PTB vem conversando com todos, mas estamos muito próximos do senador Wellington Fagundes que colocou seu nome à disposição. Fazemos parte de um arco de aliança hoje de oposição ao governo. É claro que não se descarta nenhum tipo de conversa. Nós conversamos com o governador, com o Wellington, mas estamos muito mais próximos do Wellington e dos partidos de oposição. Acho que são 95% de chances já de a gente caminhar junto, mas claro que isso será definido nas convenções”, ressaltou o vice-prefeito da Capital.

Welington Sabino

Outro nome que o partido considera forte para disputar uma vaga na Câmara dos deputados e há tempos tenta trazê-lo para os quadros do PTB é o de Neri Geller, atual secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e filiado ao PP. Chico Galindo confirmou que ainda trabalha com essa possibilidade, de trazer Geller para a sigla petebista.

Composição - “Se todos que nós convidamos vierem, temos chance de fazer 5 deputados, mas acho que a realidade, pé no chão, vamos trabalhar pra 2 e lutar para termos 3 deputados estaduais e sem dúvida alguma, um federal. Vamos concentrar em um nome desses de dentro do PTB que vai ter todo o apoio do partido”, detalha Chico Galindo.

Ainda de acordo com o presidente estadual do partido, para a disputa à Câmara dos Deputados, o PTB vai trabalhar com chapão e dessa forma serão necessários pelo menos 80 mil votos para conseguir uma cadeira. Para a Assembleia Legislativa, Chico Galindo acredita que com a chapa que o partido está formando, serão necessários entre 15 mil e 20 mil votos para eleger um representante.

Em Mato Grosso o PTB tem hoje mais de 14 mil filiados e possui diretórios municipais em 84 cidades, todos em funcionamento. A legenda tem atualmente 42 vereadores, 3 vice-prefeitos e 2 prefeitos. No evento deste sábado a meta era conseguir pelo menos mais 300 filiações.

Ex-senador Antero Paes no PTB

Welington Sabino

O ex-senador Antero Paes de Barros, que também é jornalista e marqueteiro político se filiou ao PTB há cerca de 15 dias e até ensaiou lançar uma pré-candidatura a deputado estadual, mas recuou. Ele não compareceu ao evento do partido realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso.

“O Antero está filiado ao PTB, a filiação ocorreu na minha sala, eu abonei a ficha. Está no partido, mas retirou a pré-candidatura. Mas estando filiado, está pronto pra ser candidato, só o tempo dirá. Ele está num projeto empresarial de marketing e é um direito dele. Mas felizmente está filiado ao PTB e pode ser candidato”, ressaltou Galindo.

Políticos de outros partidos no encontro do PTB

No ato de filiação do PTB chamou atenção nomes de partidos da base aliada de Pedro Taques como os tucanos Nilson Leitão (deputado federal e pré-candidato ao Senado) e Paulo Borges (presidente estadual do PSDB). Além deles, também estiveram no evento o vice-governador Carlos Fávaro (PSD) que sinaliza deixar o grupo de Taques em breve, Neurilan Fraga, que embora seja do PSD, é um ferrenho opositor à gestão do tucano, e Jayme Campos, uma das principais lideranças do DEM no Estado e que também dá sinais de que em breve deixa de ser um apoiador do governo tucano.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121