24/03/2018 às 12:58h
Terceiro suspeito de gravar torturar e gravar vídeo é preso por organização criminosa

Assessoria | PJC-MT

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) autuou em flagrante mais uma pessoa acusada de torturar um homem, que foi filmado e as imagens compartilhadas via redes sociais. O suspeito Matheus Guimarães dos Santos, 20, foi preso pela Polícia Militar, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, e conduzido ao GCCO, para lavratura do flagrante por integrar organização criminosa.

Matheus Guimarães dos Santos é do mesmo grupo que torturou e gravou as cenas de violência contra um homem que teria furtado fios, na região da Grande Cristo Rei, e por conta disso foi castigado. Ele foi reconhecido e confessou que viu a vítima praticando o furto e a entregou aos comparsas.

No vídeo, também aparecem Luiz Felipe da Silva Brasileiro, 21, e Carlos Alexandre de Arruda, 19, que foram presos no dia 16 de março e tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva, após passarem por audiência de custódia.

O suspeito Matheus, quando preso nesta sexta-feira, em uma lanchonete no Cristo Rei, estava na posse uma porção considerável de cocaína e dinheiro. Ele será autuado por tráfico de drogas.

No inquérito policial, conduzido pelo delegado Caio Fernando Alvares de Albuquerque, os três serão indiciados por crime de tortura e integrar organização criminosa, cuja pena é de até 8 anos de reclusão.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121