22/03/2018 às 01:40h
Botafogo vence clássico contra o Vasco e vai à final da Taça Rio

© Fornecido por Fundação Cásper Líbero
Em mais um clássico emocionante entre Botafogo e Vasco, os alvinegros desta vez levaram a melhor e venceram por 3 a 2, nesta quarta-feira, no Nilton Santos. Com o resultado, os botafoguenses avançaram para a final da Taça Rio.

A partida foi muito movimentada, principalmente no primeiro tempo. O Botafogo abriu o placar com Brenner, mas viu o Vasco virar com gols de Erazo e Riascos. Antes do intervalo, os alvinegros empataram com Luiz Fernando. No segundo tempo, os botafoguenses chegaram a vitoria com gol de Igor Rabello.

O Botafogo espera seu adversário, que sai do vencedor do confronto entre Fluminense e Flamengo, nesta quinta-feira. Os tricolores jogam por um empate para chegarem a decisão. O Vasco agora se prepara para as semifinais do Campeonato Carioca.

O jogo – O clássico iniciou com muita correria das duas equipes. O Vasco tinha mais posse de bola e busca o ataque com mais organização. No entanto, quem abriu o placar foi o Botafogo, aos 12 minutos, na primeira chance real do jogo. Leo Valencia fez boa jogada pela direita e cruzou para Brenner cabecear para a rede.

O revés fez o Vasco se lançar ao ataque com mais intensidade. Tanto que aos 14 minutos, Wagner arriscou de fora da área e obrigou Gatito Fernández a fazer grande defesa. Quatro minutos depois, Yago Pikachu cruzou pela direita para Riascos. O colombiano tocou para o gol, mas viu a bola bater no travessão, bater no chão, mas não entrar.

De tanto insistir, os vascaínos chegaram ao empate aos 19 minutos. Após cobrança de escanteio, Erazo subiu mais que a zaga e cabeceou para a rede.

O Botafogo foi obrigado a atacar novamente e quase marcou o segundo aos 20 minutos. Após cruzamento de Moisés, Luiz Fernando acertou belo chute de primeira, mas a bola foi pela linha de fundo. Só que o Vasco seguiu melhor em campo e voltou a dominar o clássico. Os vascaínos rodavam a área alvinegra e chegaram ao empate aos 30. Depois de outra cobrança de escanteio, Riascos cabeceou sem chance para Gatito Fernández.

Os vascaínos poderiam ter aumentado a vantagem aos 31 minutos. Andrés Rios aproveitou erro na saída de bola do Botafogo, mas chutou fraco para facilitar a defesa de Gatito Fernández. Riascos e Wagner estavam livres no lance. Como castigo, aos 33, os alvinegros chegaram ao empate no Nilton Santos. Luiz Fernando foi lançado na área, levou a melhor sobre Fabrício e chutou sem chance para Gabriel Félix.

O gol animou os botafoguenses, que equilibraram o jogo e quase viraram aos 37 minutos. Moisés chutou cruzado e viu Erazo quase colocar para a própria rede. Nos minutos finais, o Vasco voltou a ser dominar e tentou sair para o intervalo a frente no placar. No entanto, a zaga alvinegra soube segurar a igualdade.

No segundo tempo, as duas equipes mantiveram a vontade em campo. O Vasco era mais organizado e tinha mais posse de bola. Os vascaínos também criaram a primeira boa chance aos oito minutos. Após boa troca de passes, Paulinho chutou cruzado na área. Riascos tocou para a rede, mas Igor Rabello apareceu para salvar o Botafogo.

Enquanto o Botafogo não levava perigo para Gabriel Félix, o Vasco se aproveitava para avançar nos contra-ataques. Em duas oportunidades, Riascos fez boa jogada, mas viu Wagner e Andrés Rios desperdiçarem as finalizações.

Aos poucos, o Botafogo melhorou a marcação e equilibrou o clássico. Com isso, os alvinegros passaram a se aventurar mais ao ataque, mas continuava sem levar perigo. O Vasco tocava mais a bola, mas perdeu objetividade. Assim, o jogo ficou concentrado entre as intermediárias.

Com a necessidade da vitória, os alvinegros passaram a buscar mais o ataque e chegaram ao gol aos 39 minutos. Após falta cobrada na área, Igor Rabello cabeceou para a rede.

Nos minutos finais, o nervosismo tomou conta dos vascaínos, que pouco produziram no ataque. O Botafogo conseguiu segurar a bola no campo ofensivo para poderem comemorar a classificação para a final da Taça Rio.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 3 BOTAFOGO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 21 de março de 2018, quarta-feira

Horário: 21h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueirense Corrêa (RJ) e Michael Correia (RJ)

Renda: R$ 155.900,00

Público: 9.255 pagantes

Cartões amarelos: Yago Pikachu, Paulão, Leandro Desábato e Wellington (Vasco); Marcelo, Rodrigo Lindoso, Igor Rabello e Luiz Fernando (Botafogo)

GOLS

VASCO: Erazo, aos 19min do primeiro tempo; Riascos, aos 30min do primeiro tempo

BOTAFOGO: Brenner, aos 12min do primeiro tempo; Luiz Fernando, aos 33min do primeiro tempo; Igor Rabello, aos 39min do segundo tempo

VASCO: Gabriel Félix; Yago Pikachu, Paulão, Frikson Erazo e Fabrício; Wellington (Paulo Vítor), Leandro Desábato e Evander (Wagner); Paulinho, Andrés Rios (Thiago Galhardo) e Duvier Riascos

Técnico: Zé Ricardo

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Marcelo, Rodrigo Lindoso, Leonardo Valencia (Pachu), Marcos Vinícius (Rodrigo Pimpão) e Luiz Fernando (Ezequiel); Brenner

Técnico: Alberto Valentim

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121