22/03/2018 às 12:08h
Divisão da Mulher prende homem acusado de atear fogo na mulher em Sinop (atualizada)

Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado de tentativa de feminicídio foi preso pela Divisão de Proteção à Mulher de Sinop, nesta quarta-feira (21.03). O suspeito, Magnailton Barroso da Silva, de 32 anos, estava com mandado de prisão preventiva, decretado nas investigações conduzidas pelo delegado, Carlos Eduardo Muniz. Ele é acusado de atear fogo na companheira durante uma briga. A vítima teve queimadura de segundo grau no rosto, pescoço e seios. 

O crime ocorreu na noite de 20 de março de 2016. A vítima é a ajudante de limpeza, R.P.S., atualmente com 43 anos, que teve a parte superior do corpo queimada, principalmente rosto e seios,  após uma discussão com o companheiro, a qual estava separada, mas ainda moravam na mesma casa.

Conforme a vítima, a discussão ocorreu porque o companheiro queria sair com seu aparelho celular e sua motocicleta. Ela não permitiu e no momento que tentava impedir, Maganailton jogou um copo com líquido em seu rosto, que espalhou pelo corpo e logo em seguida ela sentiu o corpo arder em chamas.  A mulher, quando ouvida em casa, após deixar o hospital, declarou à Polícia Civil que tentou apagar o fogo com o próprio cabelo, que ficou queimado, assim como o rosto, pescoço e os seios. 

Declarou também que o marido, após atear fogo nela, permaneceu na casa, colocou roupas em uma mala e saiu. Segundo a vítima, o companheiro não trabalhava e não aceitava a separação e sempre ficava violento após ingerir bebida alcoólica, momento que a agredia fisicamente.

A vítima relatou que já tinha sofrido outras violências do companheiro e que não o denunciou por falta de coragem, diante das ameaças.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121