09/03/2018 às 03:21h
Preso por contrabando de cigarros tenta subornar policiais civis de Sinop por R$ 50 mil

Assessoria | PJC-MT

Mais de R$ 200 mil em cigarros contrabandeados foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil, na madrugada desta sexta-feira (09). No momento da ação policial, o criminoso detido por contrabando tentou subornar os policiais oferecendo R$ 50 mil, sendo autuado em flagrante também por corrupção ativa.

A ação foi realizada pela Delegacia Regional de Sinop e Grupo Armado de Resposta Rápida (GARRA).

As investigações de denúncia anônima apontaram que o cigarro, contrabandeado do Paraguai, vinha da cidade de Juara com destino a Sinop.

Na MT 220 foi realizada a abordagem ao veículo denunciado, um caminhão furgão Mercedez-Benz 710, cor Azul, conduzido por Aurelino da Silva, 53, autuado por contrabando. No interior do veículo foram localizadas 75.740 carteiras de cigarros da marca fox.

Um outro automóvel acompanhava o transporte do furgão, fazendo a função de “batedor”, um Voyage, cor branca, dirigido por Wagner Gomes Ferreira, 46. No porta-malas do carro também foram encontradas caixas de cigarro contrabandeado.

Corrupção

Dentro da viatura e também na delegacia (em, pelo menos, dois momentos diversos) Wagner tentou subornar os policiais que realizaram a prisão dizendo que poderia dar R$ 50 mil reais a eles, argumentando que “pelo menos vocês me ajudam e eu ajudo vocês”.

Diante dos fatos, o delegado regional Sérgio Ribeiro de Araújo realizou a autuação em flagrante do suspeito por corrupção ativa – além de contrabando ou descaminho. “Podemos dormir com a consciência tranquila, de que (como a maioria dos brasileiros) vivemos com dinheiro honesto, fruto de nosso trabalho”, conta o delegado.

 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121