20/02/2018 às 01:04h
Justiça condena homens que tatuaram testa de jovem no ABC

A Justiça de São Paulo condenou os dois homens que tatuaram à força um adolescente de 17 anos em São Bernardo do Campo. Ambos estão presos desde junho do ano passado sob acusação de tortura.

O tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis e Ronildo Moreira de Araújo, vizinho do rapaz, publicaram no Facebook um vídeo no qual escreviam “eu sou ladrão e vacilão” na testa dele. Em depoimento, disseram que a ação era punição a uma suposta tentativa de furtar uma bicicleta. À época, o menor estava desaparecido há dez dias.

Carvalho recebeu pena de três anos, quatro meses e quinze dias, em regime inicial semiaberto, por lesão corporal gravíssima e constrangimento ilegal. Já Araújo, vizinho do menor, deve cumprir três anos e seis meses em regime inicial fechado pelos menos crimes.

tortura© Veja SP tortura

A decisão foi proferida na sexta (16) pela 5.ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo. Os réus não podem mais recorrer.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121