05/02/2018 às 06:42h
Vereador é preso após causar acidente e xingar PMs de 'preto safado'

Valquiria Castil/ GD


Reprodução

O vereador Maicon Godoy dos Santos (SD), da cidade de Bom Jesus do Araguaia (983 km a nordeste de Cuiabá), se envolveu num acidente de trânsito no último sábado (3) e foi preso por desacato e injúria racial contra policiais militares. Segundo o boletim de ocorrências, o parlamentar xingou o policial de “preto vagabundo” e “neguinho safado”, entre outros palavrões e depreciações.

Ao término da ocorrência, Godoy foi autuado por desacato, injúria, ameaça, resistência, embriaguez, direção perigosa e danos materiais. Porém, pagou uma fiança de R$ 6,3 mil e foi solto no mesmo dia.

A PM foi acionada por volta das 8h para atender um acidente de trânsito no Centro do município. No local estava o condutor do veículo Gol prata, Weberson Soares Reis, 28, que relatou ter sido atingido na traseira por um Fiat Uno, vermelho. O motorista teria fugido fazendo manobras bruscas e zig-zag.

Uma testemunha afirmou ter reconhecido o motorista como sendo o vereador Godoy e que este estaria bêbado, acompanhado de outro homem, identificado como Márcio Werlis Martins Nascimento, 29.
Durante as diligências, o vereador e Marcio foram encontrados e encaminhados ao Núcleo da Polícia Militar. Ao se depararem com Weberson, sua esposa e a testemunha os suspeitos se exaltaram e começaram a xingar todos no local de “vagabundos, “safados” e “sem vergonhas”.

Maicon teria dito que todos os envolvidos iriam “pagar” pelo acontecido por ser uma “autoridade influente” e disse que ligaria para um promotor, pois só poderia ser preso com uma ordem de prisão do Supremo Tribunal Federal.

De acordo com a Polícia Militar, o vereador afirmou que fará de tudo para prejudicá-los e que não passam de “pau mandado (sic)”. Em seguida, Maicon se direcionou a dois soldados, xingando-os de “pretos vagabundos” e “neguinhos safados”.

O descontrole seria por conta do estado de embriaguez, na qual foi descrito que ele estava “com olhos avermelhados, vestes desarrumadas e forte odor etílico”. Os dois suspeitos foram algemados e Marcio resistiu à prisão tentando quebrar os móveis do local.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121