03/01/2018 às 08:46h
Barcelona pode quebrar dois recordes no mercado da bola


O mercado de transferências do futebol europeu se iniciou na última segunda-feira (1º). O Barcelona tenta fechar uma contratação de alto nível para reforçar seu plantel. A ideia da secretaria técnica trabalha em uma contratação que complete o time que pode lutar por taças.

Segundo publicação do diário Marca, há o sonho de um grande nome por parte do clube catalão nos próximos dias. O nome, no entanto, não está claro. Os catalães tentam Philippe Coutinho, mas o Liverpool faz jogo duro.

O acordo com o jogador está fechado desde agosto. Porém, o Barça não consegue convencer o clube inglês. Se finalmente optarem pela saída do atleta de Anfield, Klopp preferiria que ocorresse no verão europeu de 2018. A intenção é manter um nome considerado importante até o fim da temporada.

Além disso, o Barça não está completamente convencido do acordo pelo fato de Coutinho estar impossibilitado de jogar a UEFA Champions League.

Se o contrata, será mais para aproveitar a oportunidade - se é que se apresenta neste momento ao clube. Coutinho pediu o transfer request no ano passado e os catalães valorizam este fato.

A operação pelo brasileiro pode se aproximar de 150 milhões de euros (R$ 582 milhões), o que pode ser a maior transação de um time durante o mercado de inverno na Europa. Este fato ajudaria a bater o recorde do Liverpool, que desembolsou 84 milhões de euros por Virgil van Dijk.

De fato, se a operação se fecha nessas crifras, se trataria do atleta mais caro da história do Barcelona também, acima de Ousmane Dembélé, que custou 105 milhões de euros mais variáveis aos cofres do clube catalão.

No Camp Nou, há a certeza de que será difícil tirar Philippe Coutinho do Liverpool. Por isso, o clube trabalha alternativas. Outros jogadores que, diferente do brasileiro, podem jogar a Champions League são avaliados. Fekir, do Lyon, é um nome que agrada a Ernesto Valverde.

Também se afirma que estas opções resultariam muito mais econômicas que Coutinho, mesmo que igualmente suponham desembolsos importantes. A quantia pode se aproximar de 80 milhões de euros.

Até o momento, o recorde de uma transferência de inverno em La Liga é do Real Madrid. O holandês Huntelaar, em 2008, custou 27 milhões de uros. Uma quantia que provavelmente ficará obsoleta em janeiro de 2018.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121