28/12/2017 às 10:16h
Avião dá meia volta depois de quatro horas de voo para deixar passageiro perdido


Um avião da All Nippon Airways (ANA) que voava de Los Angeles, nos EUA, a Tóquio, no Japão, com 150 pessoas a bordo deu meia volta depois de quatro horas de viagem porque transportava um passageiro que se havia enganado de voo, segundo confirmou a própria companhia aérea. O aparelho iniciou o retorno quando sobrevoava o oceano Pacífico pelo sul do Alasca, pois a companhia aplicou os protocolos de segurança para esse caso. No total, são oito horas de voo de Los Angeles a Tóquio.

Entre os passageiros prejudicados se encontravam a modelo norte-americana Christine Teigen e seu marido, o músico e ator John Legend. Ela se queixou do contratempo nas redes sociais: “Por que todos temos de ser punidos pelo erro dessa pessoa? Por que não aterrissar em Tóquio e enviar essa pessoa de volta? Como é possível que essa fosse a melhor ideia? Todos temos as mesmas perguntas”.

O voo NH175 da ANA com destino ao aeroporto de Tóquio Narita decolou de Los Angeles na terça-feira, 26 de dezembro, às 11h36 horário local (17h36 no horário de Brasília), mas teve que dar meia volta após quatro horas de trajeto para voltar a seu ponto de partida às 19h32 no horário de LA (quarta-feira 1h32 no horário de Brasília), segundo os dados do voo da página FligthAware.

"Segundo os procedimentos de segurança da empresa, o piloto decidiu voltar ao aeroporto de saída, onde o passageiro desembarcou”, explicou a ANA em um comunicado. “A ANA está investigando a situação para compreender por que o passageiro embarcou no avião”, especificou a companhia aérea, que pediu desculpas a todos os seus passageiros. “Passei oito horas em um voo para parte alguma”, reclamou a modelo por meio de sua conta no Twitter.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121