18/10/2017 às 10:51h
Jovem consegue sair de cova após ser espancado e enterrado vivo

Um jovem, vítima de uma tentativa de assassinato, sobreviveu ao ataque e conseguiu sair, sozinho, da cova onde ele foi enterrado, próximo a Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. A polícia prendeu os suspeitos do crime, nessa última segunda-feira (16), em Santa Luzia, também na Grande BH.

O rapaz teria sido vítima de uma emboscada depois de furtar 400 gramas de maconha de traficantes. O jovem foi levado para uma área de sítios, onde foi agredido a pauladas e, mesmo desacordado, levou um tiro no rosto. Segundo as investigações, os criminosos pensaram que ele havia morrido e jogaram em uma cova rasa.

Depois de ser enterrado vivo, o rapaz acordou e conseguiu sair do buraco. Ele conta que chegou até uma rua, onde desmaiou e foi socorrido por uma mulher que passava pelo local. A vítima foi levada para o Hospital João XXIII, em estado grave e a mãe dela, que já fazia buscas pelo filho em hospitais, foi avisada da internação. O jovem passou 60 dias em coma e teve várias sequelas.


Dois dos três suspeitos foram presos nessa segunda-feira (2) 

Ana Maria da Silva de 39 anos, que está foragida, teria participação direta no crime. De acordo com o delegado Wilson Luiz de Oliveira, Ana Maria avisou a mãe do rapaz que ele estava desaparecido e teria dado pistas falsas sobre o lugar do sequestro aos policiais.

– Na hora em que ele foi sequestrado, ele estava na casa dela onde eles chamaram para fazer uso de drogas.

Os suspeitos Sérgio Costa da Silva, de 24 anos, e Carlos Vinícius dos Santos Pereira, de 28 anos, chegaram à delegacia de cabeça baixa e não quiseram falar com a imprensa.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121