02/08/2017 às 10:58h
Corinthians está a 6 jogos da sua maior série invicta; veja a maior invencibilidade da história dos grandes

O Corinthians está a seis jogos de alcançar a maior invencibilidade da sua história. Há 32 partidas sem perder, o time de Fábio Carille jogará diante do Atlético-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo Brasileiro, para colocar mais uma vez a série à prova. Até aqui são 19 triunfos e 13 empates.


Há 60 anos o time corintiano alcançou o próprio recorde: 37 duelos sem derrotas, com 26 vitórias e 11 empates. Foram confrontos amistosos e pelo Campeonato Paulista, cuja sequência chegou a valer a posse da Taça dos Invictos, troféu entregue pelo jornal "A Gazeta Esportiva". 

Ficar tantos jogos invicto assim não é muito comum para o Corinthians. Além das duas marcas citadas, o time do Parque São Jorge também fez mais de 30 jogos sem perder em 1936/1937, quando venceu 28 vezes e empatou outras três.

Todas as outras marcas corintianas foram abaixo de 30 jogos. Assim, completam o top dez as seguintes sequências de jogos invictos: 29 (em 1956), 26 (2015), 25 (2009), 23 (1981/1982), 22 (1920/1921 e 1990) e 21 (2008).

  • E os rivais?

A reportagem do ESPN.com.br buscou na história a sequência dos 11 maiores clubes do Brasil que rivalizam com o Corinthians para comparar. E encontrou algumas informações no mínimo curiosas para quem gosta da história do futebol.

Por exemplo, o Santos. O time que teve Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe não foi o que conseguiu a maior série invicta. O feito coube a geração de 1927/1928, responsável por ter anotado mais cem de gols no Estadual. A equipe de Camarão, Feitiço e Araken Patuska somou 27 jogos sem perder.

Outra curiosidade envolve Botafogo e Flamengo. Ambos os clubes orgulham-se de terem somado 52 jogos invictos, um recorde nacional. Mas o primeiro jogou oito amistosos, enquanto o segundo fez 19 (em tese, jogos mais fáceis).

Outro fato chamou a atenção. Ao garimpar as maiores sequências invictas dos 12 grandes, a reportagem acabou encontrando feitos de outros clubes - como a Desportiva-ES, que ficou 51 jogos invictos - e que foram incluídos no quadro abaixo.

Há ainda dúvidas históricas. Algumas fontes afirmam que o Bahia ficou 55 jogos sem perder em 1982. O que significaria recorde nacional. Outras falam em 48. A reportagem encontrou uma lista de jogos do time tricolor naquele ano e contou 44 confrontos seguidos sem derrotas.

O mesmo ocorre com o Grêmio. Há dados que falam em 48 jogos. Outros em 49. Mas há uma lista na internet que compreende 53 partidas - o que significaria recorde no Brasil. A reportagem consultou Laert Ramos, conhecido por compilar dados históricos do clube. E ele confirmou: foram 51 partidas, entre 1931 e 1933.

O pesquisador Fábio Mundstock, contudo, esclareceu, que um dos jogos não chegou a ocorrer, sendo o correto 50 jogos de invencibilidade.

Ramos também ajudou com os dados do Internacional. São 39 partidas, sequência obtida em 1984, e não 36 como atestam algumas fontes na internet.

O mesmo ocorreu em relação ao Cruzeiro. Algumas fontes indicam 44 jogos em 1969. Outras falam em 45. A reportagem conseguiu descobrir exatamente 38. Fez contato com a equipe, mas não obteve retorno.

O Santa Cruz é outro caso em que os números divergem. Diversos sites citam 48 jogos sem perder da equipe coral de 1978 a 1979. O próprio site oficial da equipe menciona 48 (sem listar quais são). A reportagem conseguiu listar 35 partidas, mas em um período diferente: 1977 até 1978.

Por fim, o Atlético-MG é o único cujas referências são escassas na internet. O ESPN.com.br tentou contato com o historiador do clube, mas não obteve sucesso até a publicação deste texto. Buscando dados na internet, a maior sequência encontrada foi em 1977: 30 jogos.

 Confira abaixo as maiores invencibilidades dos 12 maiores clubes do futebol brasileiro (e mais alguns):

*Os dados de Laert Ramos apontam 51 jogos: 47 vitórias e 4 empates

**Algumas fontes falam em 48 jogos. Outras em 55. A reportagem encontrou 44.
***Muitas fontes falam em 48 jogos entre 1978/79. A reportagem encontrou 35, mas entre 1977/78.
****Sequência encontrada pela reportagem, mas sem confirmação oficial do clube.

  • Ficha técnica

ATLÉTICO-MG X CORINTHIANS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 2 de agosto de 2017, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias (Adilson), Rafael Blanco e Cazares; Robinho (Pablo) e Rafael Moura. Técnico: Rogério Micale

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Moisés (Guilherme Arana); Gabriel, Camacho (Maycon), Giovanni Augusto (Camacho), Rodriguinho e Clayson; Jô. Técnico: Fábio Carille

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121