01/08/2017 às 02:58h
Barcelona congela pagamento de R$ 96 milhões que deve a Neymar e deixa pai do atacante 'indignado'

A relação entre o Barcelona e o pai de Neymar, que é também empresário do atacante, segue se deteriorando. 

Nesta terça-feira, o jornal Sport revelou que o Barça congelou o pagamento de 26 milhões de euros (R$ 96 milhões) que deve ao camisa 11. Esse dinheiro é referente a um bônus da renovação de contrato que foi assinada em outubro de 2016, e deveria ter sido pago até a última segunda-feira, como mostrou matéria da ESPN.

Ao invés de depositar a grana diretamente na conta de Neymar, a equipe catalã deixou o montante em um cartório, onde ficará sub judice até que seja determinado se o atleta receberá mesmo a quantia ou se os blaugranas poderão "escapar" do pagamento, alegando descumprimento de contrato por parte do jogador se ele acertar de fato sua transferência para o Paris Saint-Germain, da França.

De acordo fontes do estafe de Neymar ouvidas pelo Sport, o pai do craque ficou "indignado" com a atitude do Barça.

"Os Neymares dizem que a decisão que o clube tomou não tem nenhuma justificativa. Argumentam que, no momento em que chegaram a um acordo para renovar o vínculo do brasileiro até junho de 2021, não ficou explícita a obrigatoriedade de cumprir o contrato, e lembram que existem cláusulas de rescisão de ambas as partes", escreve o jornal. 

Ainda segundo apuração do jornal, o Barcelona avisou que depositará o dinheiro integralmente e Neymar e seu pai se o brasileiro decidir permanecer na Catalunha.

"O clube sinalizou que pagará integralmente os 26 milhões de euros se Neymar decidir ficar, um cenário que agora parece mais que improvável. Se acabar saindo após pagamento dos 222 milhões de euros de sua cláusula rescisória, a entidade catalã estudará com seus advogados se paga mesmo o bônus de renovação ou apenas uma parte dela", diz reportagem. 

O estafe do atleta, por sua vez, não revelou se tomará alguma ação judicial no momento, dizendo ainda estar "surpreendido" com a atitude do time.

"O congelamento do pagamento mostra o divórcio entre as partes, que deve ser finalizado nas próximas horas com a saída de Neymar para o PSG. A situação está tensa, graças à irritação acumulada nos últimos dias, principalmente pelo silêncio que Neymar e seu pai decidiram manter durante a turnê pelos Estados Unidos", finaliza. 

ESPN FC apurou que Neymar já concordou em ganhar R$ 110 milhões por ano para trocar o Barcelona pela equipe francesa, que ainda teria que desembolsar 222 milhões de euros (R$ 815,84 milhões) para pagar sua multa rescisória. 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121