25/07/2017 às 01:17h
Com festa para Hernanes e homenagem a Waldir Peres, São Paulo empata com Grêmio no Morumbi

Após ter superado o jejum de vitórias diante do Vasco na última quarta-feira, o São Paulo foi embalado encarar o vice-líder Grêmio no Morumbi. Porém, a animação não impediu que os gaúchos fossem dominantes no duelo desta segunda-feira e só não saíram com o triunfo graças a uma atuação inspirada de Renan Ribeiro, que manteve o empate por 1 a 1, no confronto que fechou a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pedro Rocha abriu o placar no primeiro tempo, enquanto Lucas Fernandes definiu a igualdade na etapa final.

Mesmo ficando pouco com a bola, os gaúchos foram eficientes, conseguiam neutralizar o adversário e criaram poucas e ótimas chances. Em duas delas, o goleiro paulista fez grandes participações para assegurar o empate.

Com o resultado, o Grêmio, que vinha de três vitórias seguidas, vai a 32 pontos e vê a diferença para o líder Corinthians subir de seis para oito pontos - os alvinegros venceram o Fluminense no Maracanã, no domingo. Já o São Paulo, que deixaria a zona de rebaixamento se tivesse vencido, fica com 16 pontos, caindo da 17ª para a 18ª posição, já que o Avaí ganhou do Cruzeiro e foi a 17 unidades. O primeiro time fora do Z-4 é o Atlético-PR, com 17 pontos.

Hernanes foi apresentado à torcida do São Paulo nesta segunda-feira© Gazeta Press Hernanes foi apresentado à torcida do São Paulo nesta segunda-feira
Antes de a bola rolar, o Morumbi foi palco de momentos de emoção. A primeira delas foi a saudação de Hernanes à torcida. Contratado pelo clube que o revelou, o ‘Profeta’ foi ao gramado sob o grito de “ô, o Hernanes voltou!”.

“Foi o lugar onde eu cresci, tive muitas alegrias. As lembranças vieram quando eu subi nesse túnel, ver a torcida vibrando deu muita alegria”, afirmou ao SporTV.

Posteriormente, houve homenagens ao ex-goleiro Waldir Peres, que morreu no domingo aos 66 anos de idade. Os atletas da equipe paulista entraram com uma camisa escura com o nome do ídolo e o número 1 às costas – Renan Ribeiro, inclusive, jogou com a peça. Além disso, houve um minuto de silêncio e os são-paulinos usaram uma faixa preta no braço em sinal de luto.

Pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, O São Paulo visitará o Botafogo no Nilton Santos, no sábado, às 16h (de Brasília). Um dia depois, o Grêmio receberá o Santos em sua arena, às 19h. Antes, a equipe gaúcha irá até a Arena da Baixada encarar o Atlético-PR, às 21h45 de quinta-feira, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, venceu por 4 a 0.

  • Contra-ataque letal

Embalado após ter superado a série de nove jogos sem vitórias, o São Paulo foi para cima do vice-líder, que, por sua vez, conseguia neutralizar o adversário e seu domínio territorial. Neste cenário, o duelo não tinha grandes chances claras. Com um minuto, Luan chutou nas mãos de Renan Ribeiro. Aos 11min, Jucilei finalizou sobre o alvo.

Na primeira boa ocasião de gol, o time gaúcho não perdoou. Em contra-ataque, Pedro Rocha ganhou na corrida, escapou bem de carrinho de Arboleda pela esquerda, invadiu a área, passou fácil por Bruno e bateu no contrapé de Renan Ribeiro para abrir o placar aos 19min.

Na sequência da primeira etapa, os visitantes conseguiam anular o rival e ainda tiveram os melhores momentos. Aos 37min, Luan concluiu da entrada da área e mando perto do alvo. Cinco minutos depois, Maicon arriscou de longe e obrigou o goleiro são-paulino a fazer excelente defesa.

  • Eficiência são-paulina

Jonathan Gómez (dir.) disputa bola durante confronto do São Paulo contra o Grêmio, no Morumbi© GazetaPress Jonathan Gómez (dir.) disputa bola durante confronto do São Paulo contra o Grêmio, no Morumbi
Na volta do intervalo, o Grêmio continuava melhor em campo e sem sofrer riscos. Aos 15min, Edílson cobrou falta com força e mandou à direita do alvo. Apesar deste cenário, o São Paulo mostrou eficiência e conseguiria o empate três minutos mais tarde, em uma das raras chances claras de gol que teve na partida. Edimar recebeu de Cueva, deu bela finta em marcador na esquerda e tocou para Pratto, que parou em ótima defesa de Marcelo Grohe. No rebote, Lucas Fernandes estufou a rede.

Mesmo com a animação da torcida da casa, a equipe gaúcha mantinha o domínio da partida e assustou com falta de Edílson aos 26min. O lateral chutou forte de longa distância, e Renan Ribeiro espalmou para escanteio. Aos 30min, Arboleda tentou surpreender Grohe com um chute do meio de campo e mandou perto do alvo.

Aos 35min, quase veio o segundo gol gremista. Edílson recebeu de Fernandinho e acionou Ramiro, que bateu forte de dentro da área e viu Renan Ribeiro mostrar reflexo para fazer excelente defesa, garantindo o empate no placar.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121