22/06/2017 às 09:42h
Com gol de Lucca, Ponte Preta bate o Cruzeiro no Moisés Lucarelli

Ponte Preta e Cruzeiro fizeram um jogo fraco válido pela nona rodada do Brasileirão, na noite desta quinta-feira, no Moisés Lucarelli. Com gol de pênalti marcado por Lucca, ainda no primeiro tempo, a Macaca venceu a partida e colocou a equipe de Mano Menezes em uma fase ruim. A equipe mineira não vence agora há três jogos e está na décima segunda posição, com 11 pontos. Já o time de Campinas foi à 14 pontos, e está na oitava posição.

Macaca e Raposa entraram em campo em jejum. Ambos não venciam há dois jogos e precisavam dar uma resposta ao seu torcedor. O Cruzeiro, poupado e lesionado, foi a campo com uma equipe quase inteira reserva. No primeiro tempo, os dois times erraram mais do que acertaram, criando poucas chances e deixando o jogo sem muita emoção. Até os 30 minutos, ninguém tinha finalizado a gol ainda.

Aos 35, Lennon se enroscou com Lucca e derrubou o atacante. O árbitro Grazianni Maciel Rocha apontou a penalidade máxima, que o prórpio Lucca cobrou. A Ponte ficou na frente no placar na primeira e única chance criada pelas duas equipes no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, Sidnei Lobo lançou sua equipe à frente. Élber e Rafinha tentavam articular as jogadas de ataque, servindo Ábila e Rafael Marques, que depois saíram para as entradas do estreante Sassá e de Rafael Sóbis. As mudanças, no entanto, não surtiram muito efeito, e o Cruzeiro continuou tendo dificuldades em chegar ao gol defendido por Aranha.

A Ponte foi cozinhando o jogo a partir dos 30 minutos. Sem criar muito, assim como nos 45 minutos iniciais, estava mais do que satisfeita com a vitória magra. Gilson Kleina tirou Cajá e colocou Léo Artur, em uma clara tentativa de segurar o placar.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 0 CRUZEIRO

Local: Moisés Lucarelli, Campinas

Data-hora: 22/6/2017 – 19h30

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)

Auxiliares: Joao Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ)

Público: Não disponível

Cartões amarelos: João Lucas e Fernando Bob (PON); Lennon e Luis Caicedo (CRU)

Cartões vermelhos:

Gols: Lucca, 35'1°T (1 a 0)

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e João Lucas; Fernando Bob, Elton e Renato Cajá (Léo Artur, 34'2°T); Claudinho (Jadson, 12'2°T), Lucca (Lins, 41'2°T)e Emerson Sheik– Técnico: Gilson Kleina.

CRUZEIRO: Fábio; Lennon (Lucas Romero, int), Murilo, Luis Caicedo e Bryan; Hudson, Lucas Silva, Rafinha e Elber; Rafael Marques (Sassá, 15'2°T) e Ábila (Rafael Sóbis, 17'2°T) – Técnico: Sidnei Lobo.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121