20/06/2017 às 07:37h
Homem acusado de estuprar menor com ajuda da mãe da vítima é preso em Rondonópolis

Alcione dos Anjos/ GD


A Polícia Civil de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá) conseguiu prender na manhã desta terça-feira (20), Clodomiro Carrijo, 47 anos, popularmente conhecido por Bhil. Ele é acusado de ter estuprado uma menina de 13 anos que foi aliciada pela própria mãe, F.L.S., de 32 anos. A mãe ainda teria fotografado o abuso, pelo celular.

A mãe aliciadora está presa na Cadeia Pública do município desde o dia 02 de junho e apesar das imagens contidas no aparelho celular não entregou para os investigadores o nome do homem que abusou da menina. Ela é acusada fotografar e divulgar imagens da garota no momento em que os abusos ocorreram.
Segundo a investigadora Andréa Rodrigues, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Rondonópolis, o mandado de prisão foi cumprido por volta das 7h na casa dele, no bairro Vila Mariana. “Chegamos até o suspeito por meio do apelido que foi fornecido pela vítima. A mãe não falou nada”, disse Andréa.

De acordo com Andréa, testemunhas confirmaram que a mãe da menina a aliciou e que o estupro teria ocorrido na zona rural de Rondonópolis, na região de Campo Limpo, próximo a um sítio de Clodomiro. “Pelas próprias imagens feitas pela mãe é possível ver que eles tomaram banho de rio e comprovam abuso do homem que tocava a menina”, conta a investigadora.

Ela diz ainda que durante o depoimento, Clodomiro afirmou que a mãe aliciava a filha, não confessou ter estuprado a garota, mas em determinado momento deixou escapar que “ela não era mais virgem”. “Além de a garota ter apenas 13 anos tem o agravante dela deficiência mental. Ele irá responder pelo crime de estupro de vulnerável”, afirmou.

O caso surpreendeu até mesmo os investigadores pelo fato da mãe da garota “oferecer” a menina e divulgar as imagens. “Não deixa de chocar, pois uma mãe que deveria proteger os filhos estava aliciando a menina, porém infelizmente a delegacia se depara diariamente com casos como estes”, completou a investigadora.

A vítima e outros três irmãos pequenos foram encaminhados ao Conselho Tutelar quando a mãe foi presa. Agora, os pequenos estão com os avós maternos e a menina se encontra em uma Casa Abrigo no município.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121