15/06/2017 às 09:57h
Setor do PSDB defende renúncia de Aécio Neves

Setores do PSDB defendem que o senador afastado Aécio Neves (MG) renuncie já à presdência do partido, antes do julgamento da Primeira Turma do Supremo Tribunal Fdderal (STF) decidir sobre um pedido de prisão preventiva contra ele. A Corte julga o caso na próxima terça-feira (20).

As informações são da coluna Expresso, do site da revista Época, desta quinta-feira (15).

O parlamentar se licenciou da presidência da sigla em 18 de maio, dia em que a Operação Patmos foi deflagrada. Ela é acusado de receber mais de R$ 2 milhões do grupo J&F, do empresário Joesley Batista.

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) assumiu a presidência do partido interinamente.

Os tucanos avaliam que uma eventual prisão do senador poderia prejudicar tanto a imagem da legenda quanto a de um possível sucessor. A Executiva Nacional do partido se reúne para a próxima quarta-feira (21), um dia após o julgamento do STF.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121