08/06/2017 às 12:13h
Coritiba vence, mantém tabu de 20 anos e aumenta pressão no Palmeiras



E o jejum continua. Há 20 anos sem conseguir vencer o Coritiba no Couto Pereira, o Palmeiras viu a série continuar nesta quarta-feira, quando acabou derrotado por 1 a 0, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Matheus Galdezani fez o único gol da partida.

A última vez que o time paulista superou o Coxa no Couto Pereira foi em 1997, quando fez 1 a 0 pela Copa do Brasil. Desde então, foram nove triunfos dos paranaenses e seis empates em seu estádio. No período, o clube do Palestra Itália até faturou a Copa do Brasil de 2012, mas ainda assim não conseguiu encerrar o jejum. É válido mencionar que o Coritiba é um dos cinco times desta edição da Série A que têm mais vitórias do que derrotas contra o Palmeiras no Brasileiro (são 14 resultados positivos, 12 negativos e 12 empates).

Com o resultado, os paranaenses chegaram a 12 pontos e ficam no topo da classificação ao menos temporariamente. A equipe comandada por Pachequinho somou seu terceiro triunfo consecutivo, todos por 1 a 0. Anteriormente, ganhara de Vitória e Atlético-PR, pela Série A.

Já o Palmeiras fica estacionado nos quatro pontos, longe da parte superior da tabela, e chega ao seu quarto duelo oficial sem vitória. Antes desta quarta, a equipe vinha de derrota para o São Paulo e empate com o Atlético-MG, pelo Brasileiro, e revés para o Internacional, pela Copa do Brasil. O último triunfo ocorreu em 24 de maio, quando bateu o Atlético Tucumán pela Libertadores.

Pela próxima rodada do Campeonato Paulista, o Coritiba visitará o Botafogo no estádio Nilton Santos, no domingo, às 11h (de Brasília). Um dia antes, o Palmeiras receberá o Fluminense no Allianz Parque, às 16h.

  • Domínio palmeirense e placar zerado

Os paulistas foram para cima assim que a bola começou a rolar e logo levaram perigo. Aos 4min, Felipe Melo chutou forte de dentro da área e parou em boa defesa de Wilson; dois minutos depois, Michel Bastos finalizou para fora.

Os mandantes até conseguiriam controlar o ímpeto do adversário logo depois, mas a equipe paulista seguiria controlando a partida. Aos 30min, Keno recebeu de Mayke e teve sua conclusão bloqueada pela defesa; aos 32min, Michel Bastos chutou forte, e Wilson apareceu bem para intervir.

Apesar do domínio palmeirense, o time da casa teria ainda uma grande chance para abrir o placar. Thiago Real cobrou falta por cima da barreira, e Fernando Prass voou para fazer excelente defesa.

  • Gol de cobertura e jejum mantido

Na volta do intervalo, o controle da equipe de Cuca ruiria aos 6min, quando Matheus Galvezani foi lançado em profundidade e apenas tocou por cobertura na saída de Prass para abrir o placar.

A partida, então, ficaria mais truncada e com poucos lances de perigo ao longo da etapa final. Os visitantes até se lançaram ao ataque, mas fizeram pouco para impedir o revés.

Além disso, o Palmeiras quase viu o estrago ser ainda maior. Aos 34min, Tiago Real cruzou da esquerda, e Iago, livre na pequena área, mandou para fora, perdendo oportunidade inacreditável.

O lance, porém, na faria falta ao time da casa, e o para torcedor presente no Couto Pereira pôde comemorar mais um triunfo diante da equipe paulista no estádio.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121