01/06/2017 às 11:38h
Polícia Civil prende trio acusado de roubos em Tangará da Serra
Assessoria | PJC-MT

Três jovens articulados para praticar roubos no município de Tangará da Serra (239 km a Médio Norte) foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (30.05) durante investigação de combate a criminalidade.

Os suspeitos, Gean Oliveira Wandscheer, 20, e Bruna de Souza Adão, 18, foram autuados em flagrante por roubo e associação criminosa. O menor D.O.W., 16, irmão de Gean, e companheiro de Bruna, responderá ato infracional pelos mesmos delitos.

Gean Oliveira Wandscheer também estava com dois mandados de prisão em aberto, que foram devidamente cumpridos.

As diligências realizadas pela equipe da 1ª Delegacia de Polícia começaram após comunicação de um roubo praticado na noite de segunda-feira (29.05). Conforme relato das vítimas, após cometer o assalto, os criminosos fugiram em um automóvel Gol prata, com o teto envelopado na cor preta.

Com base nas informações, os policiais civis iniciaram as investigações, conseguindo êxito em localizar um veículo com as mesmas características repassadas, estacionado em uma rua no bairro Bela Vista.

Diante das suspeitas, os investigadores montaram vigilância do carro suspeito. Horas depois um casal com uma criança de colo saiu de uma residência próxima e entraram no veículo.

Durante acompanhamento tático os policiais procederam com a abordagem do automóvel conduzido por Gean. Em vistoria no interior do Gol, foi encontrado um relógio de pulso na cor dourada e marca Champion, subtraído no roubo.

Questionado, Jean tentou desvencilhar os policiais dizendo que possuía o relógio há algum tempo, porém, sem convencimento. Em seguida, o suspeito levou os investigadores até sua residência, onde o seu irmão menor de idade foi localizado na companhia de sua namorada Bruna.

Nas buscas, ao interior da casa de Gean, foi apreendida uma caixa contento várias bijuterias, três aparelhos celulares, duas televisões, sem comprovação fiscal.

Os dois irmãos assumiram a autoria do roubo em investigação. Os suspeitos afirmaram  que esconderam o simulacro de arma de fogo, um tablet e um aparelho celular em um matagal com receio de serem rastreados.

Os três envolvidos foram conduzidos à 1ª Delegacia de Polícia de Tangará da Serra, interrogados e autuados em flagrante. Em checagem foi verificado contra o preso Gean duas ordens judiciais de prisão em aberto, que foram cumpridas.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121