26/05/2017 às 07:26h
Polícias Civil e Militar desarticulam quadrilha envolvida em furto, receptação e tráfico
Assessoria | PJC-MT

Quatro homens envolvidos com crimes de furto, receptação e tráfico de drogas foram presos em ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, na quarta-feira (24.05), na Capital. O trabalho realizado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), em apoio a Ronda Ostensiva Tático Metropolitana (Rotam), resultou também na apreensão de drogas dinheiro e recuperação de objetos furtados.

Os suspeitos, Evandro Fernando de França Dias, 27, Paulo Eduardo Silva, 45, conhecido como “Paulinho" e Renan Cerilo Silva, 29, foram autuados em flagrante pelos crimes de associação criminosa, receptação, tráfico de drogas, associação para o tráfico e resistência a prisão. O quarto suspeito, D.M.C, 46, é tio de um dos integrantes da quadrilha e foi preso na quinta-feira (25), pelo crime de receptação.

As investigações que resultaram na prisão da quadrilha iniciaram após a comunicação do crime de furto qualificado a residência, ocorrido no último sábado (20.05). Conforme boletim de ocorrência, no furto foram subtraídos aproximadamente R$ 1,5 milhão em joias, entre relógios, anéis, brincos, pulseiras, correntes e colares, além de cerca de R$ 24 mil em dinheiro, um micro-ondas e uma TV 50 polegadas.

Logo que iniciaram as diligências, os policiais receberam várias informações sobre os possíveis autores do crime e denúncias de que a quadrilha se reuniria no bairro Cidade Alta, para fazer a partilha das joias furtadas. Depois da divisão dos produtos, o grupo se deslocaria, em um veículo Ford EcoSport até uma chácara nas proximidades da Serra de São Vicente, usada como abrigo pelos criminosos.

Com base nas informações, os policiais se deslocaram até o endereço, conseguindo avistar o veículo Ecosport com os suspeitos, Evandro e Renan. Ao receber sinalização para parar, o motorista aumentou a velocidade do automóvel para empreender fuga, no entanto, o veículo foi cercado e os ocupantes presos após tentarem correr a pé.

Com Renan, os policiais encontraram R$ 1,9 mil e um relógio, que estava no pulso do suspeito, da marca Invicta, dourado, reconhecido posteriormente pela vítima como um dos produtos furtados. Na vistoria veicular, foi encontrado no porta-malas várias mochilas com roupas e pertences dos suspeitos, comprovando as informações recebidas pela polícia.

Questionados, eles contaram que iriam para a casa de Paulo Eduardo e posteriormente seguiriam para a chácara. Os policiais seguiram até a residência de Paulo, onde apreenderam mais R$ 1,9 mil em dinheiro e um tablete de maconha que estava escondido dentro da mochila do suspeito.

Em entrevista preliminar, Paulo disse que as joias furtadas foram repassadas a um comerciante, e que com o dinheiro adquirido no furto, eles compraram 50 tabletes de maconha, porém a droga foi toda vendida, restando somente um tablete.

Os três envolvidos foram conduzidos à delegacia DERRFVA, onde após serem interrogados pelo delegado de polícia Marcelo Martins Torhacs, foi lavrado o flagrante. Em continuidade as investigações, outros dois integrantes da quadrilha foram identificados e são procurados pela Polícia.


Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121