26/05/2017 às 04:15h
Por história, elenco, estádio e ranking: qual é o rival mais duro que seu time pode pegar na Libertadores

Com todos os 16 classificados às oitavas de final da Copa Libertadores definidos, os torcedores já podem ter uma noção de qual adversário teoricamente é o mais difícil. Seja pelo terreno de jogo, a tradição ou dinheiro.

Confira abaixo a situação de cada um dos times que segue na disputa pelo título da principal competição de clubes da América do Sul. O valor de mercado mencionado é o dado pelo site especializado Transfermarkt em lista sobre os 47 participantes do torneio, o que inclui as equipes que disputaram também as fases prévias. 

Veja como ficam os potes da LIBERTADORES:

  • POTE 1
  • Santos

  • Palmeiras

  • Atlético-MG

  • San Lorenzo (ARG)

  • River Plate (ARG)

  • Lanús (ARG)

  • Botafogo 

  • Grêmio

  • POTE 2
  • Atlético-PR

  • The Strongest (BOL)

  • Jorge Wilstermann (BOL)

  • Godoy Cruz (ARG)

  • Nacional (URU)

  • Barcelona (EQU)

  • Emelec (EQU) 

  • Guaraní (PAR)

Abaixo, por campanha, os classificados:

 Atlético-MG

Melhor desempenho: Campeão (2013)
Posição no ranking da Conmebol: 9º 
Valor de mercado: 67,25 milhões - 2º melhor da Libertadores
Estádio: Independência (capacidade: 23.018)

 Lanús-ARG

Melhor desempenho: quartas de final (2014)
Posição no ranking da Conmebol: 42º
Valor de mercado: 31,38 milhões - 10º melhor da Libertadores
Estádio: Ciudad de Lanús - Néstor Díaz Pérez (capacidade: 47.027)

 Grêmio

Melhor desempenho: Campeão (1983 e 1995)
Posição no ranking da Conmebol: 12º
Valor de mercado: 54,85 milhões - 4º melhor da Libertadores
Estádio: Arena Grêmio (capacidade: 55.662)

River Plate-ARG

Melhor desempenho: Campeão (1986, 1996 e 2015)
Posição no ranking da Conmebol: 2º
Valor de mercado: 73,05 milhões - melhor da Libertadores
Estádio: Monumental de Núñez (capacidade: 61.688)

 Palmeiras

Melhor desempenho: Campeão (1999)
Posição no ranking da Conmebol: 25º
Valor de mercado: 61,75 milhões- 3º melhor da Libertadores
Estádio: Allianz Parque (capacidade: 43 713)

Santos

Melhor desempenho: Campeão (1962, 1963 e 2011)
Posição no ranking da Conmebol: 15º
Valor de mercado: 46,35 milhões- 6º melhor da Libertadores
Estádio: Vila Belmiro (capacidade: 16.068)

Botafogo

Melhor desempenho: semifinal (1963 e 1973)
Posição no ranking da Conmebol: 79º
Valor de mercado: 27,5 milhões - 11º melhor da Libertadores
Estádio: Nilton Santos (capacidade: 46.831)

San Lorenzo-ARG

Melhor desempenho: Campeão (2014)
Posição no ranking da Conmebol: 14º
Valor de mercado: 33,45 milhões - 8º melhor da Libertadores
Estádio: Nuevo Gasómetro (capacidade: 47.964)

Godoy Cruz-ARG

Melhor desempenho: Oitavas de final (2017)
Posição no ranking da Conmebol: 88º
Valor de mercado: 17,18 milhões - 22º melhor da Libertadores
Estádio: Malvinas Argentinas (capacidade: 40.268)

Guaraní-PAR

Melhor desempenho: semifinal (1966 e 2015)
Posição no ranking da Conmebol: 34º
Valor de mercado: 6,58 milhões - 39º melhor da Libertadores
Estádio: Defensores del Chaco (capacidade: 42.354)

 Emelec-EQU

Melhor desempenho: semifinal (1995)
Posição no ranking da Conmebol: 18º
Valor de mercado: 19,45 milhões - 21º melhor da Libertadores
Estádio: Banco del Pacífico (capacidade: 40.000)

 Barcelona de Guayaquil-EQU

Melhor desempenho: Vice-campeão (1990 e 1998)
Posição no ranking da Conmebol: 39º
Valor de mercado: 22,53 milhões - 16º melhor da Libertadores
Estádio: Banco Pichincha (capacidade: 57.267)

 Atlético-PR

Melhor desempenho: Vice-campeão (2005)
Posição no ranking da Conmebol: 71º
Valor de mercado: 36,15 milhões - 7º melhor da Libertadores
Estádio: Arena da Baixada (capacidade: 42.372)

The Strongest-BOL

Melhor desempenho: oitavas de final (1990, 1994 e 2014)
Posição no ranking da Conmebol: 28º
Valor de mercado: 3,78 milhões - 44º melhor da Libertadores
Estádio: Hernando Siles (capacidade: 41.143)

 Jorge Wilstermann-BOL

Melhor desempenho: semifinal (1981)
Posição no ranking da Conmebol: 75º
Valor de mercado: 3,65 milhões - 45º melhor da Libertadores
Estádio: Félix Capriles (capacidade: 32.000)

 Nacional-URU

Melhor desempenho: Campeão (1971, 1980 e 1988)
Posição no ranking da Conmebol: 4º
Valor de mercado: 20,83 milhões - 18º melhor da Libertadores
Estádio: Gran Parque Central (capacidade: 26.500)

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121