20/05/2017 às 09:28h
Mentora de morte de casal é condenada a 46 anos

Silvana Ribas/GD


Criminosa que arquitetou o latrocínio (roubo seguido de morte) de empresário e da esposa dele em Juara (709 km a médio norte) é condenada a 46 anos e seis meses de prisão. A condenação de Aline Maria Leonardo Macedo, 20, foi proferida pelo magistrado Alexandre Sócrates Mendes, da 2ª Vara Criminal do município, no dia no último dia 16.


O crime aconteceu no dia 17 de outubro, quando Dinho e a esposa foram rendidos ao chegar em casa. Os criminosos tinham invadido a residência cerca de 40 minutos antes, pulando um muro. Ficaram aguardando o casal que foi rendido pelos jovens que portavam um revólver.
Aline se entregou à Polícia 23 dias após o crime, no dia 5 de novembro de 2015. Os dois adolescentes de 13 e 15 foram apreendidos após o crime. Aline se entregou à Polícia na cidade de Tangará da Serra (239 km a médio norte).Desde o início ela foi apontada como mentora intelectual do crime, pois indicou a casa do ex-patrão, o empresário Claudemilson Ferreira, 41, conhecido como “Dinho”, e da esposa dele, Alessandra Scheffer, 24.

As vítimas tiveram as mãos amarradas para trás e tiveram os rostos cobertos por fronhas. O objetivo do trio era roubar a caminhonete S-10 da vítima, que seria vendida em Sinop (500 km ao norte). Mas Aline ainda roubou R$ 60 e um perfume de Alessandra.

Os criminosos obrigaram o casal a entrar no veículo e seguiram para a cidade de Juína (735 km a noroeste). O adolescente de 16 anos estava ao volante enquanto o de 13 mantinha as vítimas sob a mira do revólver.

A passarem a ponte do Rio Arinos entraram em uma estrada de terra e pararam próximo a um córrego. As vítimas foram levadas pelos adolescentes até o córrego, quando Claudemilson, que havia conseguido desamarrar as mãos, tentou reagir ao assalto, segurando no cano da arma de fogo.

O adolescente fez o primeiro disparo e em seguida mais dois, atingindo-o na cabeça e costelas. Retornou ao veículo onde estava Aline e o cúmplice que foi ao local checar se o empresário estava morto. O adolescente de 16 anos então atirou três vezes contra Alessandra que estava com as amarradas e com o rosto coberto. A ordem de eliminar as vítimas partiu de Aline, pois sabia que foi vista pelas vítimas no momento do roubo e seria denunciada, caso sobrevivessem.

Depois de abastecerem o veículo com o dinheiro roubado do empresário, seguiram para Sinop. Próximo da cidade o adolescente perdeu o controle da direção da caminhonete e capotou o veículo. Com ferimentos pelo corpo decorrentes do acidente o trio terminou a viagem para Sinop por meio de carona. Um dos adolescentes foi preso na cidade. O outro na cidade de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte).

Veja vídeo de entrevista concedida por Aline, ao repórter Paulo Becker, da Record, no dia de sua prisão:

  

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121