20/05/2017 às 09:19h
Seduc proíbe roupas curtas e com decote

Celly Silva/GD


Mulheres estão proibidas de entrar na Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) vestindo roupas curtas e com decotes, do tipo “costa nua” e “tomara que caia”, que exponham a região abdominal e outras partes que “por costume” não ficam à mostra, roupa de banho, shorts ou bermuda acima do joelho ou minissaia.

Marcus Vaillant
Secretário Marco Marrafon determinou que recepcionistas e vigilantes barrem quem estiver vestido inadequadamente

Já os homens, não podem entrar na repartição pública vestindo calção ou camiseta sem manga (regata). 
Esses tipos de trajes são considerados “inadequados”, conforme a Portaria nº 183/2017, assinada pelosecretário Marco Aurélio Marrafon, que circulou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (19).

A medida vale para pessoas acima de 12 anos de idade.

A fiscalização das vestimentas, tanto de funcionários, como de visitantes, deverá ser feita por servidores que detêm o cargo de agentes de segurança ou por recepcionistas e vigilantes. A Coordenadoria de Apoio Logístico da pasta também poderá designar pessoas para realizar o trabalho.

Quem descumprir a regra passará por um registro no livro de ocorrências da secretaria. 
A portaria também proíbe a entrada de pessoas que estejam portando arma de fogo ou cortante ou qualquer objeto assemelhado, com exceção de agentes que gozem dessa prerrogativa, como policiais.

Dentre as justificativas para o estabelecimento da norma, estão a ética dos servidores e a necessidade de decoro nas vestimentas, segundo a portaria.

Em março deste ano, o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Justino Malheiros (PV) causou polêmica ao baixar uma portaria que também proibia o uso de roupas que atentem contra “a moral e os bons costumes”. No entanto, o documento não estabelecia de forma objetiva quais roupas estavam liberadas ou não, limitando-se a dizer que as pessoas deverias respeitar o “bom senso”. 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121