15/05/2017 às 09:50h
Outro membro de bando que matou tenente do Bope morre em confronto Veja vídeo

Silvana Ribas/GD


Atualizada às 19h55 - Mais um membro de bando do bando de criminosos que matou com um tiro de fuzil o tenente PM Carlos Henrique Scheifer é morto em confronto, após cerco das forças da segurança do Estado, na tarde desta segunda-feira (15). Confronto ocorreu em área de mata fechada, distante cerca de 140 quilômetros da sede do município de Peixoto de Azevedo (691 km ao norte), próximo da fazenda Jarinã, na região do Xingu.

Segundo o sub chefe do estado maior da Polícia Militar, coronel PM Heverton Mourett, o local é de difícil comunicação mas as informações é que houve confronto e um dos bandidos foi morto e os demais continuam embrenhados na mata. Não há previsão de quando a operação vai se encerrar, possivelmente só com a prisão dos outros integrantes do grupo, possivelmente mais três criminosos.

Em coletiva na sede do Comando Geral da PM, Mourett repassou à imprensa informações mais detalhadas sobre a sequência de operações que tinha como objetivo impedir a ação do bando na região, mas que resultou na execução do tenente Scheifer e da morte de um dos criminosos e prisão de outros quatro membros do bando, na manhã de sábado (13).

Divulgação PM/MT

Integrante de bando morreu em confronto na tarde desta segunda-feira

O criminoso morto é Marconi Sousa dos Santos, 34, que tinha mandado de prisão em aberto por crime de roubo na Bahia. O irmão dele Edmundo Sousa dos Santos, 31, foi preso e tinha mandado de prisão em aberto. Agnailto Sousa dos Santos, 46, irmão deles foi preso, juntamente com Jeferson Lopes dos Reis, 19.

O comando da PM informa que atualmente cerca de 140 policiais militares de nove comandos da região, além de comandos especializados, como Gefron e Bope, estão atuando na região.

O momento em que o tenente foi atingido mortalmente ocorreu quando ele comandava equipe do Bope em incursão na área de mata, em busca de parte do bando que conseguiu escapar no primeiro confronto, ocorrido na sexta-feira (12), às margens da rodovia MT-080, no distrito de União do Norte, em Peixoto.

No momento em que os policiais se preparavam para voltar aos veículos e deixar o local houve o confronto e o tenente foi atingido por um disparo de arma de grosso calibre, que destruiu a arma que ele empunhava, perfurou o colete balístico e o atingiu no abdome. Chegou a ser removido para hospital da região e morreu na noite de sábado.

O deslocamento de forças especiais para a região começou uma semana antes, depois que o setor de inteligência detectou movimentação atípica na região, indicando a presença de criminosos armados que poderiam estar planejando ataque a agências bancárias da região, no estilo “Novo Cangaço”.

Estavam em duas caminhonetes, uma Nissan e uma Frontier. Com a prisão de parte do bando, policiais apreenderam dois fuzis 556 e munições. Horas depois os policiais encontraram uma picape branca, com marcas de sangue, abandonada em uma área de mata. Esse veículo tem as mesmas características de uma das caminhonetes em que estavam os suspeitos do primeiro confronto.

O tenente Scheifer foi sepultado em Cuiabá, na manhã desta segunda-feira.Completaria 28 anos no dia 11 de junho deste ano. Ingressou na Polícia Militar em 2011, aprovado no vestibular para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) da PM-MT.

Por dois anos Scheifer atuou junto ao Grupo Especial de Fronteira (Gefron). Por último, integrou o Bope, unidade especializada na qual ingressou após fazer o Curso de Operações Especiais (Coesp) na Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.

Veja vídeo de corpo sendo entregue por policiais do Bope:
 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121