05/05/2017 às 08:04h
Casal de lavradores é envenenado com coca-cola e furtado
Keka Werneck/ GD

Um casal de lavradores assentados no interior de Mato Grosso veio à capital, de ônibus, assinar papéis referente à terra deles, e acabou sendo envenenado, com coca-cola, e furtado.


Quem conta esta história é a filha deles, Adriely Dos Santos, 26.
O veneno estava em um copo de refrigerante que um estranho, homem, de cerca de 30 anos, deu a eles, em um momento em que ficaram "meio perdidos" na cidade grande. O casal portava R$ 500 e documentos pessoais. O estranho levou tudo que tinham.

Odílio Rodrigues dos Santos, 63, e Marli Terezinha dos Santos, 60, saíram de União do Sul (719 Km ao Norte de Cuiabá), onde moram, e pararam em Sorriso, onde a filha mora, aproveitaram para vê-la. No outro dia, embarcaram novamente e chegaram à capital dia 18 de abril, com intenção de irem ao Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), assinar papéis.

"Como estavam meio perdidos e são pessoas humildes, aceitaram a coca cola. Isso era umas 10 horas da manhã e minutos depois passaram muito mal. Meu pai foi achado desmaiado atrás do Shopping Pantanal. Já minha mãe foi encontrada mais adiante e ajudarem ela a ir para o hospital", conta Adriely, que resolveu tornar o caso público como alerta.

Segundo ela, a mãe teve alta, mas é grave a situação do pai, que está em coma, sedado. Os dois foram atendidos no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC) onde o lavrador ainda está internado. Um amigo da família está de acompanhante dele.

A filha está muito triste e descrente deste mundo. "Muita maldade por pouco dinheiro", lamenta.

Ela espera que ninguém mais caia neste golpe.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121