05/05/2017 às 08:00h
Dieta curativa com detox previne doenças crônicas e câncer

Batatas fritas, sorvetes, hambúrgueres, doces, balas, chocolate? Todos esses alimentos industrializados que são consumidos em larga escala em todo o mundo estão acabando com a saúde da população a cada mordida.

Não é só pelo fato dos alimentos industrializados conterem gorduras, açúcares e conservantes. Claro, isso também contribui, em muito, para o surgimento de doenças. Mas o que acontece é que existem alimentos que são vistos como saudáveis, até mesmo por médicos, que podem causar sérios riscos à saúde: é o caso do leite de vaca, por exemplo, pois está relacionado a problemas respiratórios e de pele, enxaqueca, dores nas articulações, podendo estimular doenças coronárias, diabetes, câncer de mama, de próstata e de cólon.

É graças a esses hábitos deficientes de nutrientes essenciais para a saúde, que acabam por surgir doenças crônicas em órgãos como estômago, intestino e rins - inclusive diversos tipos de cânceres. No entanto, é possível prevenir essas doenças, por meio da dieta curativa.

O que é dieta curativa?

Dieta curativa é aquela capaz de prevenir e curar doenças através de uma alimentação adequada. Muitas vezes, não é preciso adicionar nenhum alimento novo aos hábitos alimentares da pessoa, basta cortar os prejudiciais.

Esta dieta está sendo muito bem difundida no Brasil e possui um nome bastante popular, que provavelmente você já ouviu falar, mas não sabe bem ao certo o que é?

Detox: o que é e como funciona?

A dieta curativa tem como base o detox, um termo que já ficou popularizado no universo da alimentação. Mas, ao contrário do que muita gente pensa, detox é muito mais do que garrafinhas de sucos verdes encontradas nas prateleiras de lojas especializadas em alimentos naturais. Aliás, detox é mais até do que uma simples dieta que lhe faz perder peso.

Detox é um estilo de vida, e a perda de peso é apenas sua consequência. Assim como o vegetarianismo e o veganismo, o detox restringe alguns tipos de alimentos, mas abre portas para uma explosão de sabores.

+ Veganismo para leigos

O objetivo é desintoxicar os órgãos do corpo de elementos prejudiciais ao nosso organismo, funciona como uma limpeza geral do corpo. É uma "faxina" profunda no organismo, beneficiando órgãos como: rins, fígado, vesícula, intestino, entre outros.

Durante o procedimento, você introduz em seu cardápio alimentos reais, vindos diretos da natureza, por meio de refeições e sucos desintoxicantes que você mesmo pode preparar.

Isso contribui para que o seu corpo tenha uma aceleração e liberação de toxinas, fazendo com que o organismo volte a se equilibrar de maneira natural, resultando em uma vida equilibrada e, de acordo com a maioria dos depoimentos, mais feliz.

A dieta é basicamente composta de alimentos crus, com pH alcalino, e fermentados, como: kefir, chucrute, kombucha e kimchi, os chamados alimentos vivos. Afinal, apenas desta forma é possível aproveitar 100% dos nutrientes que a natureza nos oferece. Quanto às restrições deste tipo de alimentação, estão fora do cardápio todo tipo de alimentos com pH baixo e ácido; os de origem animal, pois além de não serem mais alimentos com vida, também têm o pH ácido; e até mesmo os vegetais transgênicos, como: milho, soja e trigo. Afinal, nem tudo que vem da natureza é benéfico para o ser humano.

Quer aprender mais da dieta curativa? Experimente as receitas abaixo que fazem parte deste tipo de alimentação.

Brigadeiros de Alfarroba

Preparo: 10 minutos | Porção: 6 pessoas

Ingredientes:

> 1 xícara (chá) de avelãs, amêndoas ou nozes

> 1 xícara (chá) de uvas passas pretas ou tâmaras sem caroços

> 2 colheres (sopa) de alfarroba em pó

> Coco ralado sem açúcar para servir

Modo de fazer:

Junte todos os ingredientes (menos o coco ralado) no processador e bata até formar uma massa homogênea e grudenta. Enrole os brigadeiros e sirva-os com coco ralado ou enrole-os na alfarroba em pó. Outra sugestão é enrolá-los em amêndoas picadas.

Canelone de abobrinha com queijo de girassol e amêndoas ao molho vermelho

A pimenta caiena desta receita contém capsaicina, que alivia dores nos nervos (neuropatias) associadas ao diabetes. Já o magnésio encontrado na semente de girassol previne algumas complicações do diabetes, como a retinopatia e doenças cardíacas. A deficiência de magnésio nos diabéticos está associada à perda deste mineral pela urina, em consequência da excreção de glicose que acompanha o diabetes não controlado, por isso, a reposição de magnésio pela semente de girassol restaura a secreção de insulina.

Preparo: 20 minutos | Porção: 3 pessoas

Ingredientes:

> 1 abobrinha cortada em fatias longitudinais

> 1 xícara (chá) de sementes de girassol sem casca, deixadas de molho por 12 horas em água filtrada

> 1/2 xícara (chá) de amêndoas cruas, deixadas de molho por 12 horas em água filtrada

> Orégano a gosto

> 1 limão

> Sal rosa do Himalaia

> 1 tomate

> Manjericão roxo fresco a gosto

> Pimenta caiena em pó

> Pimenta vermelha em pó

Modo de fazer:

Coloque no liquidificador o tomate com meio limão, uma pitada de pimenta caiena, uma pitada de pimenta vermelha, o sal rosa e as folhas de manjericão roxo fresco. Bata tudo e depois reserve. Esse molho servirá para regar o canelone no final.

Em seguida, bata no liquidificador as sementes de girassol, a outra metade do limão, um pouco de orégano e uma pitada de sal rosa. Com esse queijo, recheie as abobrinhas, enrole e prenda com um palito, regue com o molho vermelho e sirva.

Imergindo no detox

Se você gostou de conhecer a dieta curativa com detox e quer se aprofundar ainda mais neste estilo de vida, será realizado o congresso "Juntos por uma vida detox", nos dias 6 e 7 de maio, em São Paulo. O evento ajudará as pessoas a transformar o modo que enxergam a vida e sua alimentação.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121