05/05/2017 às 01:39h
Misturar remédios é um risco à saúde. Saiba como evitar reações adversas
Farmácias alertam população no Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos.

Do R7

Se automedicar é um perigo à saúde, mas sabemos que muita gente ainda toma aquele remedinho para dor de cabeça, por exemplo, sem nenhum cuidado. Para alertar sobre este e outros usos incorretos de medicamentos, farmácias e drogarias de todo o País estarão unidas nesta sexta-feira (5) em campanha de conscientização para alertar a população quanto aos perigos da automedicação no Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos.

O presidente executivo da Abrafarma (Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias), Sergio Mena Barreto, explica que quem visitar uma farmácia associada nesta sexta-feira vai receber orientação sobre o uso adequado de medicamentos, os perigos da automedicação, reações adversas e até sobre o descarte apropriado de remédios, entre outras informações.

— Queremos informar e ressaltar sobre os riscos do uso inapropriado de medicamentos, sem o respaldo de um médico ou farmacêutico. Estamos falando de um problema de saúde pública, que interfere na eficácia e na continuidade dos tratamentos, e a farmácia pode atuar como um grande canal de apoio para mudar este cenário.

Também em função da campanha, na próxima segunda-feira (8), farmacêuticos prestarão atendimento à população no hall de entrada da Câmara dos Deputados, das 12h às 16h.

Os últimos dados do Sinitox/Fiocruz (Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas da Fundação Oswaldo Cruz) de 2013 apontam que medicamentos são responsáveis por 28,4% das intoxicações no Brasil.

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o uso racional de medicamentos ocorre quando os pacientes têm acesso ao medicamento de que necessitam, nas doses corretas, pelo período de tempo adequado ao tratamento e ao menor custo possível.

Conheça algumas reações indesejadas de interações entre medicamentos:

- AAS (ácido acetilsalicílico) + bebidas alcoólicas = aumento do risco de sangramento no estômago.

- Anticoncepcional + Vitamina C (acima de 1g) = Aumento dos níveis do hormônio da pílula (etinilestradiol) no sangue.


- Anticoncepcional + Antifúngico = Possível diminuição do efeito e aumento das chances de gravidez.

-  Anticoncepcional + Antibiótico = Efeito reduzido e aumento das chances de gravidez.

- Leite + Antibiótico = Redução do efeito do medicamento.

-  Paracetamol + anti-inflamatórios não esteroides = pode potencializar os efeitos terapêuticos e os tóxicos. A superdosagem aguda pode causar necrose hepática.

Veja 10 dicas para evitar problemas com medicamentos:

1- Solicite a orientação do farmacêutico antes de usar qualquer medicamento, mesmo os que não precisam de receita médica;

2 - Não utilize medicamento de venda sob prescrição médica sem receita médica;

3 - Não dizer às crianças que medicamento é doce ou gostoso, pois isso pode estimulá-las a consumi-lo;

4 - Só usar medicamentos nas doses indicadas;

5 - Evitar deixar os medicamentos no carro, principalmente no porta-luvas ou dentro de bolsas, expostos ao sol;

6 - Pergunte ao farmacêutico como conservar os medicamentos de forma correta;

7 - Ao utilizar os medicamentos, não siga recomendações de vizinhos, amigos e parentes. Consulte sempre o farmacêutico;

8 - Quando for à farmácia, consulte o farmacêutico. O profissional deve estar sempre identificado;

9 - Relate ao farmacêutico o aparecimento de qualquer problema ao utilizar o medicamento;

10 - Evite bebidas alcoólicas se estiver utilizando medicamentos.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121