05/05/2017 às 01:18h
Zagueiros salvam, Santos bate Santa Fe e retoma liderança na Liberta
Gazeta Esportiva

O Santos entrou em campo pressionado nesta quinta-feira. Após ver o The Strongest golear o Sporting Cristal por 5 a 1, o Peixe não poderia pensar em outro resultado que não fosse a vitória sobre o Santa Fe, no Pacaembu, para continuar na liderança do grupo 2 da Libertadores. Após um primeiro tempo com quatro gols e um empate em 2 a 2, o alvinegro contou com a estrela de seus zagueiros para retomar a ponta. Em cobrança de escanteio, David Braz desviou de cabeça e Lucas Veríssimo mandou para o fundo das redes, decretando o triunfo santista.

Com a vitória, o Peixe chegou aos oito pontos. Antes, a equipe comandada por Dorival Júnior havia caído para a segunda colocação, já que o The Strongest chegou aos sete pontos com a goleada sobre os peruanos. Já o Santa Fe, por sua vez, é o terceiro, com quatro pontos conquistados.

Na próxima rodada do torneio continental, o alvinegro encara o time boliviano, em La Paz, no dia 17, às 19h30 (de Brasília). Antes disso, porém, o time comandado por Dorival encara o duelo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta, às 21h45, em Belém do Pará.

Quatro gols e jogo eletrizante

Diferentemente do que aconteceu contra a Ponte Preta, no Paulistão, o Santos começou o duelo contra o Santa Fe com um pouco menos de ímpeto no ataque. Porém, uma falha dos colombianos logo aos 3 minutos aliviou a vida do Peixe.

Os zagueiros da equipe de Bogotá bateram cabeça e a bola ficou livre para Lucas Lima. O meia avançou pela direita e apenas rolou para Ricardo Oliveira. Sozinho dentro da área, o centroavante mandou para o fundo das redes, abriu o placar no Pacaembu e ainda acabou com um jejum de 48 dias sem marcar.

Após o tento marcado logo no início, o alvinegro diminuiu de vez o ritmo e passou a esperar o Santa Fe na defesa. Por conta dessa recuada santista, a equipe colombiana passou a chegar e assustar o goleiro Vanderlei. A chance mais clara foi aos 27 minutos, quando Roa tentou um cruzamento e acabou mandando direto para o gol. No reflexo, o camisa 1 afastou o perigo.

No lance seguinte, justamente apostando no contra-ataque, o Santos quase ampliou o marcador. Lucas Lima avançou e fez longo lançamento para Bruno Henrique. O atacante mandou para a área. A bola, porém, passou por todo mundo e foi recuperada na linha de fundo por Vitor Bueno. Ele tocou para Victor Ferraz, que apenas rolou para o camisa 10 finalizar de fora da área. A redonda passou muito perto do travessão de Castellanos.

O castigo veio logo depois. Aos 32 minutos, Gómez soltou uma bomba de fora da área e a bola explode na trave. No rebote, Arango aproveitou passe de Stracqualursi e empatou a partida.

A igualdade fez o Santos partir para cima novamente e a equipe comandada por Dorival Júnior assumiu a dianteira do placar no minuto seguinte. Lucas Lima achou Vitor Bueno livre na direita. O camisa 7 chutou no cantinho de Castellanos e anotou o segundo do alvinegro.

A partida pegou fogo na reta final do primeiro tempo e os colombianos buscaram o empate mais uma vez. Após cobrança de falta de Arango, Perlaza cabeceou firme para vencer Vanderlei. Tudo igual no Pacaembu.

Querendo terminar a etapa inicial com a vantagem, o Peixe foi com tudo para o ataque. Aos 43 minutos, Lucas Lima cobrou falta direto para o gol e quase surpreendeu Castellanos. No lance seguinte, o meia mandou escanteio para área e David Braz desviou, obrigando o goleiro do Santa Fe a fazer boa defesa, garantindo o 2 a 2 no placar.

Zagueiros salvam a pátria

Após o ritmo frenético no final do primeiro tempo, o duelo começou um pouco mais lento após o intervalo. Precisando da vitória para retomar a liderança do grupo 2, o técnico Dorival Júnior sacou Matheus Ribeiro e colocou Copete como lateral-esquerdo. O Santa Fe, por sua vez, não promoveu mudanças e apostava na bola aérea para virar o jogo.

A primeira boa chegada foi aos 11 minutos. Vitor Bueno avançou pela esquerda e bateu cruzado. Bruno Henrique foi buscar a bola na direita e tentou passe para Ricardo Oliveira. Porém, a zaga colombiana cortou a jogada.

Logo na sequência, Bueno aproveitou rebote da zaga do Santa Fe e bateu forte. A bola passou perto da trave esquerda e assustou Castellanos. Apesar das chances perdidas e do gol anotado, o camisa 7 irritou parte da torcida após perder duas jogadas e chegou a sair vaiado quando foi substituído por Vladimir Hernández.

Com a entrada do colombiano, o Peixe aumentou a pressão sobre o time de Bogotá, que passou a segurar o jogo e fazer a famosa ‘cera’. Desistindo de jogar, a equipe colombiana ‘chamou’ o Santos. E isso foi fatal!

Aos 33 minutos, Lucas Lima cobrou escanteio dentro da área, David Braz desviou de cabeça e a bola ficou livre para Lucas Veríssimo. O “Varane da Baixada” bateu firme de pé esquerdo para colocar o alvinegro novamente em vantagem no Pacaembu.

Após sofrer o gol, o Santa Fe abandonou a ‘cera’ e partiu pra cima do Peixe. Os colombianos assustaram, mas não conseguiram furar o bloqueio santista, que conseguiu segurar a vitória por 3 a 2, garantindo a ponta da Libertadores.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 2 SANTA FE

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 04 de maio de 2017, quinta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Andres Cunha (URU)

Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Nicolas Taran (URU)

Público: 29.798

Renda: R$ 1.142.620,00

Cartões amarelos: SANTOS: Lucas Veríssimo, Thiago Maia e Ricardo Oliveira SANTA FE: José Moya e Daniel Roa.

GOLS:

SANTOS: Ricardo Oliveira, aos 3 do 1T; Vitor Bueno, aos 33 do 1T; Lucas Veríssimo, aos 33 do 2T;

SANTA FE: Arango, aos 32 do 1T; Perlaza, aos 38 do 1T;

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro (Copete); Renato, Thiago Maia e Lucas Lima (Cleber Reis); Vitor Bueno (Vladimir Hernández), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Técnico: Dorival Júnior

SANTA FE: Leandro Castellanos, Daniel Roa, José Moya, Héctor Urrego e Mosquera; Sebastián Salazar, Perlaza, Leyvin Balanta e Jonathan Gómez; Arango e Stracqualursi (Ceter).

Técnico: Gustavo Costas

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121