02/05/2017 às 01:25h
Quem não votou nas últimas eleições tem até amanhã para regularizar situação

O eleitor que não votou e não justificou a ausência nas últimas três eleições ou não pagou as multas correspondentes tem até amanhã (2) para regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. Quem não o fizer, pode ter seu título cancelado, lembrando que a legislação considera cada turno um pleito diferente para efeito de cancelamento.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em todo o país, mais de 1,8 milhão de eleitores estão com seus títulos irregulares por ausência nas três últimas eleições. Em São Paulo (SP), esse número chega a 118.837 eleitores; no Rio de Janeiro (RJ) o total é de 119.734; em Belo Horizonte (MG) são 26.570; em Salvador (BA), 31.263; e em Porto Alegre (RS), 18.782.

Em Mato Grosso está dividido em 60 zonas eleitorais, o horário de atendimento nos cartórios eleitorais é das 07:30 às 13:30, de segunda a sexta-feira. A estimativa é que aproximadamente 42 mil títulos possam ser cancelados no Estado.

O eleitor de Mato Grosso pode conferir se seu nome consta na lista dos títulos passíveis de cancelamento nos editais que permanecerão afixados por 10 dias, contados a partir desta quarta-feira, nos cartórios eleitorais do Estado e também no site do TRE-MT. http://www.tre-mt.jus.br/

O cancelamento automático dos títulos de eleitores ocorrerá entre 17 a 19 de maio de 2017.

Os eleitores com voto facultativo (analfabetos, eleitores de 16 a 18 anos incompletos e maiores de 70 anos) ou com deficiência previamente informada à Justiça Eleitoral não necessitam comparecer ao cartório para regularizar a situação.

Para regularizar o título no cartório eleitoral, o eleitor deverá apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação de multa.

Caso o eleitor não regularize o seu título ele fica impedido de votar, fazer passaporte e CPF, inscrever-se em concursos públicos, tomar posse em cargos públicos e matricular-se em instituições públicas de ensino.

Da redação Rudy Roger com Agência Brasil

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121