03/04/2017 às 05:13h
Rogério Ceni estuda mudanças para estreia do São Paulo na Sul-Americana

Estadao


Depois de encaminhar a vaga às semifinais do Campeonato Paulista, o São Paulo volta aos trabalhos nesta segunda-feira com a cabeça na estreia na Copa Sul-Americana. Na próxima quarta, às 19h15, o time de Rogério Ceni encara o argentino Defensa y Justicia. Sem poder contar com Maicon, Wesley e Lugano - expulsos na Libertadores de 2016 -, o treinador precisará fazer alguns ajustes na equipe.

Para isso, o treinador também levará em consideração a condição física de seus comandados. "Aguardo amanhã (segunda) para ver a parte médica, chego duas horas antes para ver o relatório e ter noção exata de cada jogador, da recuperação dos que estão machucados, para depois montar o time para jogar contra o Defensa y Justicia", disse. A estreia do reforço Edimar, ex-Cruzeiro, estava prevista por Ceni, que terá de refazer seus planos depois do lateral-esquerdo ter sofrido um estiramento no tendão do músculo reto femoral da coxa esquerda.

Os jogadores são-paulinos minimizam os desfalques e confiam que quem for a campo "vai dar conta do recado". "O elenco é grande e o Rogério vai encontrar a melhor alternativa de escalar a equipe na próxima partida", afirmou o goleiro Renan Ribeiro. Rodrigo Caio, que terá novo companheiro na zaga, também mostrou tranquilidade. "A gente fica triste porque são peças que poderiam nos ajudar. Mas quem entrar vai dar o seu melhor. Tomara que o time conquiste a vitória", ressaltou.

A partir desta segunda, o técnico Rogério Ceni vai intensificar os estudos sobre o próximo adversário. "Parece ser uma equipe muito bem acertada e organizada, ganhou do Newell's (Old Boys), perdeu de 1 a 0 do Boca (Juniors), jogando muito bem. O treinador trabalhou com o (Jorge) Sampaoli, gosta de um futebol agressivo. É um desafio bastante grande para a gente", projetou.

O esquema tático do Defensa y Justicia é uma das características que lhe chama atenção. "Jogam no 3-5-2, não encontramos nenhum time que jogasse assim no Paulista. Penso em me adaptar ao esquema deles. Quando muda muito, tem de repensar."

Ceni confia que sua equipe está mais madura depois dos clássicos disputados no Campeonato Paulista e preparada para enfrentar um jogo delicado na Argentina. E o zagueiro Rodrigo Caio sabe da dificuldade que o Tricolor enfrentará fora de casa. "É uma competição diferente, os jogos precisam ser mais duros e temos que dar o nosso melhor", analisou.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121