O que você procura?
Quinta Feira, 27 de Abril de 2017
Futebol
30/03/2017 - 07:39h
São Paulo e FPF não veem inversão de mando; Linense se justifica
Gazeta Esportiva

A definição de que as duas partidas das quartas de final entre São Paulo e Linense serão disputadas no estádio do Morumbi foi o fato mais marcante do Congresso Técnico da Federação Paulista de Futebol (FPF), realizado nesta quinta-feira, na sede da entidade, mas não causou polêmica entre os envolvidos. Para o diretor de futebol do Tricolor, José Jacobson, por exemplo, a escolha foi “natural”.

“O presidente do Linense fez esse pedido e nós, em comum acordo, aceitamos”, disse o dirigente, negando qualquer inversão de mando. “Eu acho que não tem inversão, não. Nós estamos enxergando de uma maneira bem profissional. O Linense está com alguns problemas lá no seu estádio e achou que seria uma boa para nós dividirmos”, continuou Jacobson.

Por definição, os dois times vão dividir a renda líquida das duas partidas, algo que é visto pelo clube de Lins como essencial para manter o orçamento no segundo semestre, quando o Elefante não tem nem uma competição assegurada em seu calendário.

“Tínhamos limitação do estádio desde o ano passado, que vem em obras para atingir limite de público. Ainda não finalizamos as obras. A gente se comprometeu com o Ministério Público e Federação de não levarmos para Lins os jogos contra os grandes”, disse o presidente do Linense, José Hugo Gentil, alegando que o Tricolor teria maioria de torcida em qualquer lugar.

“Por mais que jogássemos no interior, numa cidade mais próxima, perderíamos todo o aspecto esportivo. Em qualquer cidade teria mais torcedores do São Paulo e não teria retorno financeiro como pode ter na cidade de São Paulo. Isso dependeria de um acordo com o São Paulo. Concluímos que dentro de todos esse motivo, a melhor opção seria os dois no Morumbi”, assegurou Gentil.

Mediador da conversa e com poder de veto não utilizado neste caso, o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, considerou que tudo está dentro da legalidade. “Estamos partindo do princípio que o São Paulo está classificado. Não, o São Paulo vai jogar a primeira partida no Morumbi com mando do Linense”, minimizou o mandatário.

Envolvidos na questão, os clubes grandes preferiam se abster de comentários. O único a dar uma leve “cutucada” na decisão foi o presidente santista Modesto Roma Júnior. “Eu certamente gostaria de jogar as duas na Vila…”, avaliou, sem se estender no comentário.



Fernando Prass tranquiliza torcedores após pancadaria
27/04/2017 | 10:23h
Confira quem disputa as quartas de final no Municipal de Futebol Sete
27/04/2017 | 09:39h
Justiça acata pedido do MPE e manda interditar Estádio 'Zeca Costa'
26/04/2017 | 05:47h
Fagner será julgado por agressão a Cueva, mas só depois da final do Paulista
25/04/2017 | 05:59h
Palmeiras muda programação e faz último treino tático no Uruguai
25/04/2017 | 05:56h
Por 3 votos a 1, STF decide mandar goleiro Bruno de volta à prisão
25/04/2017 | 05:52h
Dupla Atletiba se reúne, descarta ouvir Globo e irá transmitir final no Youtube e no Facebook
24/04/2017 | 06:15h
Rescisão é publicada no BID, e Cirino troca Fla pelo Inter por empréstimo
24/04/2017 | 06:10h
Na volta de Victor, Atlético- MG vence URT e avança para sua 11ª final consecutiva do Mineiro
23/04/2017 | 07:26h
Com dois de Guerrero, Flamengo derrota Botafogo e faz final contra o Fluminense
23/04/2017 | 07:24h
Notícias

Esportes

Videos

Entretenimento

Publicidade

Desenvolvido pela
Copyright © 2009/2017.
Todos os direitos reservados.
Bem Mais Comunicação -CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável - Solange Priscila DRT/MT 2121 - Jose Paulo Batista - DRT/ MT 000273