23/03/2017 às 08:06h
Hospital Regional: prefeito fala sobre andamento do processo de transição

Autor: Angela Fogaça

Foto/Assessoria - Lázaro Nunes


Os trabalhos para que o consórcio intermunicipal de Saúde assuma o gerenciamento do Hospital Regional de Colíder continuam. O prefeito Noboru Tomiyoshi, presidente do Consórcio, destacou que mesmo após a saída do secretário de Saúde  do Estado, João Batista, há alguns dias, o processo de transição prossegue.

“Tivemos um árduo trabalho de levantamento do hospital regional, até o presente momento. Estive em Cuiabá na semana passada, junto com o ex-secretário João Batista e secretários adjuntos, para tratar sobre esse assunto, saber qual seria o destino do hospital, uma vez que o secretário estava deixando a pasta. Isso nos preocupou muito. A informação que tivemos é que o trabalho feito até agora não será perdido. O que foi dialogado não é uma proposta do secretário, mas sim do governo do Estado. Estive com os deputados, com o vice-governador Carlos Fávaro e também com alguns prefeitos, para podermos ter esse comprometimento de que não vamos perder todo o trabalho de transição do hospital regional”, disse o prefeito.

Noboru ressaltou que até o momento, o consórcio não tem poder nenhum sob a administração do hospital. “Precisamos dessa legalização. Então apresentamos para o vice-governador a minuta do protocolo de intenção do consórcio de saúde, com a proposta de que queremos assumir o hospital. Esse protocolo vai para análise do governador para que assim legalize a nossa entrada no hospital”, informou Noboru.

Ele ressaltou mais uma vez que o governo se comprometeu a quitar todas as dívidas existentes do hospital, bem como fazer uma reforma de infraestrutura e uma aquisição de equipamentos necessários. “Daí então o Consórcio passa a participar do gerenciamento junto com o Governo do Estado e depois, quando as coisas estiverem fluindo, assume em definitivo”, pontuou Noboru.

Alguns casos de média e alta complexidade passarão apenas pela regulação no Hospital Regional de Colíder. “Vamos absorver aqui a baixa complexidade e depois vamos partir para a contratação de novas especialidades. Precisamos fazer o hospital regional funcionar inicialmente, com os serviços básicos, incluindo os partos”, detalhou.

Sobre a questão da pediatria no hospital regional de Colíder, Noboru ressaltou que está trabalhando para que seja reestabelecido o mais breve possível.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121