17/03/2017 às 07:24h
Ministério da Agricultura afasta 33 servidores após a operação


O secretário executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki Ministério da Agricultura disse nesta sexta (17) em coletiva de imprensa que 33 servidores foram afastados após a Operação Carne Fraca, que deixou a pasta "indignada".

Novacki disse ainda que procedimentos de fiscalização já haviam sido alterados pelo Minstério no ano passado.— Esses episódios nos deixam indignados e contrariados até porque estamos fazendo trabalho reconhecido e situações como essa trazem dano a imagem. As primeiras denúncias aconteceram há quase 7 anos atrás e há dois anos as investigações e culminaram nessa operação.

— O ministro [Blairo Maggi] pediu que uma série de procedimentos fossem modificados, entre eles os de inspeção. Uma portaria proibiu um dos fatos que culminou na operação, como a remoção de fiscais sem motivo aparente. Em novembro, através de uma portaria, acabamos com isso.

Mais cedo, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que está fora de Brasília, já havia se manifestado. Ele afastou os servidores do Ministério que estão sendo investigados, falou em tolerância zero dentro da pasta e disse que as investigações apontam para um "crime contra a população brasileira". Maggi cancelou a licença que tiraria na próxima semana para gerenciar a crise. 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121